Qual o melhor HD externo? Preço não é tudo na hora de comprar

HD Externo ou NAS?

Desde o surgimento dos primeiros computadores pessoais, mais e mais espaço tem sido consumido para armazenar nossa vida digital. Fotos, filmes, músicas e documentos são apenas algumas memórias que consomem espaço em nossos discos rígidos. Com a crescente necessidade por espaço, os HDs externos tem sido de grande valia para organizar nossas informações. O que poucos sabem é que o hard disk é um equipamento sensível, que pode falhar a qualquer momento.

Composto de um pequeno prato metálico de 1,8”, 2,5” ou 3,5” e uma ou mais cabeças de leitura/gravação, os hard disks são os equipamentos que armazenam as informações de seu computador. Composto de um gabinete com uma ou mais portas para conexão e um hard disk interno, os HDs externos podem ser classificados como portáteis ou de mesa. Os discos rígidos variam seus preços de acordo com a capacidade, velocidade, tipo de conexão e robustez.

Alta capacidade com portabilidade, por que não comprar?


Como mencionado, podemos dividir os HDs externos em duas categorias, os de mesa e os portáteis. Os discos de mesa são maiores e mais pesados, geralmente possuem hard disks internos de 3.5”, são mais baratos e possuem maior capacidade. Apesar da menor portabilidade devido suas dimensões e necessidade de fonte de alimentação externa, os hard disks de mesa são os principais componentes de sistemas profissionais de armazenamento.

Os HDs externos evoluíram e os preços diminuíram

Com a avalanche de lançamentos de novos sistemas de disco, diferentes hard drives externos tem surgido, sendo que algumas tecnologias finalmente estão mais acessíveis aos nossos bolsos. Alguns hard disks externos já são construídos com dois discos, permitindo que a mesma informação seja gravada simultaneamente duas vezes, através de uma tecnologia conhecida como RAID. Com a redução contínua nos preços dos hard disks internos, o valor desses sistemas de armazenamento equipados com 2 ou mais hard drives está mais acessível, permitindo que até usuários domésticos adotem essa solução.

O Melhor HD Externo é confiável?


Já os HDs portáteis são geralmente de menor capacidade e possuem velocidade de transferência menor, porém são transportáveis, alimentados pela própria conexão USB e “cabem” em qualquer bolso, em todos os sentidos. O problema: sabendo que a grande maioria dos discos portáteis possui apenas um mecanismo para leitura/gravação dos dados, quando o mesmo falha, o disco literalmente morre. Assim quanto mais informação armazenada, mais informação perdida. Como acidentes acontecem, qualquer impacto pode causar falha no disco, podendo causar perda parcial ou total das informações armazenadas. Além disso, os hard drives leem e gravam dados através de uma ou mais cabeças de leitura, que trabalham intensamente e sofrem desgaste por uso. Como os discos não avisam quando vão falhar, nossos dados ficam literalmente armazenados numa bomba-relógio.

  • Prós
  • » Baixo Custo
  • » Portabilidade
  • » Conexão Universal
  • » Fácil Aquisição
  • » Simplicidade de Uso
  • Contras
  • » Uso Individual
  • » Fragilidade
  • » Apresenta Problemas sem Avisar
  • » Não Possui Conexão de Rede
  • » Não Possui Gerenciamento

A importância do backup


Muitos usuários perdem dados simplesmente por falta de organização ou alternativas simples para executar backup. A maioria dos discos externos possui algum sistema de backup automático, porém nem sempre recebem a devida atenção. Um erro grave é usar o intensamente o disco no dia-a-dia e manter no mesmo equipamento as cópias de segurança importantes. Uma boa sugestão é ter os arquivos de backup longe dos equipamentos que estão sendo utilizados. Outra boa prática é testar o sistema para eventuais desastres e ter um controle das versões salvas.

Menores preços e mais dados por residência