(11) 3475-5000
   

Como escolher o melhor HD Externo: Antes de comprar, saiba que preço não é tudo.

Saiba tudo sobre HDs Externos

Parece simples, mas como escolher o HD correto?

Para facilitar a vida de quem vai comprar um disco externo, vamos explicar porque vale a pena entender um pouco mais sobre o assunto. A economia de escala é a regra determinante para ditar os preços dos hard disks que são comercializados. Os mais baratos quase sempre são os mais vendidos e, de forma geral, atendem a maior parte das aplicações mais corriqueiras como backup e armazenamento de arquivos. Como os discos rígidos internos para notebooks são “matéria prima” para fabricação de seus irmãos externos, é natural que esses também custem mais barato. Equipados com hard disks de 1.8” ou 2.5” e com rotações que geralmente variam entre 4.200 e 7.200RPM, os discos portáteis podem ou não ter fonte de alimentação, pois a porta USB pode fornecer a energia necessária para o funcionamento do produto.



HDs Externos Portáteis: Pequenos e sem fonte de alimentação.

São os menores, mais fáceis de transportar e de instalar. Normalmente não acompanham fonte de alimentação e, quando comparados a discos de mesma capacidade e tipo de conexão, são ligeiramente mais caros que seus pares de 3.5”. Para os iniciantes, o tamanho informado em polegadas (1.8”, 2.5” e 3.5”) é do tamanho do prato que equipa cada HD. A maior capacidade disponível para discos portáteis normalmente segue a mesma capacidade que os HDs que equipam notebooks: A razão óbvia é que as fábricas entregam os mesmos discos para fabricação de notebooks e discos portáteis, hoje na capacidade máxima de 3TB.

+ HD Externo Portátil
HDs Externos Portáteis




Discos Externos Firewire

Padrão dos antigos Macs, filmadoras e ilhas de edição, a conexão firewire fez muito sucesso entre usuários que precisavam de alta velocidade na transmissão e recepção de dados. As portas firewire entregam 400 e 800Mbits/s e, apesar das especificações de 480Mb/s das portas USB2.0, as Firewire são mais rápidas devido à baixa latência. A Apple e Sony foram as principais difusoras desse padrão que, por não ter o mesmo volume de vendas que o padrão USB e cobrar mais para liberação do uso dessa tecnologia, encarecia muito os discos externos. Como resultado, empresas especializadas em plataformas Apple como a LaCie disponibilizaram HDs externos com múltiplas conexões, buscando justificar o preço maior praticado.

Discos Externos Firewire Quero conhecer mais HDs Externos Firewire


Eu falei HD para Mac?

Eu falei HD para Mac?

A Apple sempre transitou bem em mercados com exigência de processamento de imagens, porém nem sempre seus computadores foram generosos ao ofertar discos rígidos para esses usuários. Com isso, abria-se uma grande oportunidade para quem precisava comprar um HD externo para uso com Mac. A LaCie (hoje do grupo Seagate) novamente inovou. Fez parceria com a Apple e manteve compatibilidade de todos seus discos com a linha Mac.

+ HD Externo para MAC


Linha Thunderbolt, discos velozes e confiáveis.

E as novidades não param. Para usuários que realmente precisam de performance, a nova linha de HDs Thunderbolt 1 e 2 são velozes, confiáveis e permitem RAID. Geralmente equipados com discos de 7.200RPM SATA III, comprar um HD Thunderbolt é o mesmo que comprar a Ferrari desse mercado. Velozes e seguros, a linha Thunderbolt é desejo de compra para os heavy-users de pós-produção, agências e todos profissionais de áudio.

Discos Externos Linha Thunderbolt

Quero conhecer mais HDs Externos Thunderbolt

Quero ligar meu HD Externo em rede. Como eu faço?

Simples, compre o HD certo. As portas USB, Firewire, eSATA e Thunderbolt foram desenvolvidas para conexão direta de periféricos a computadores, workstations e notebooks. Para disponibilizar o conteúdo de um HD USB em rede é preciso manter o computador “hospedeiro” ligado, configurar corretamente a rede local e torcer para que o hardware do disco seja confiável. Lembre-se que discos lentos são mais baratos, mas não suportam diversos acessos simultâneos via rede. Outro senão a ser observado é que sempre esse tipo de conexão é possível ou permitido, pois algumas empresas possuem normas rígidas que proíbem essa conexão.

HD Externo em rede


HDs de rede ou Network Attached Storages

Os HDs de rede não diferem dos discos de mercado somente pela conexão. Claro que discos rígidos para pequenas redes locais possuem preços competitivos e são fáceis de instalar. Além disso, os mesmos são equipados com pelo menos uma porta LAN ethernet, possuem discos com maior MTBF (tempo maior entre as ocorrências de falhas) que os discos externos comuns e podem possuir recursos interessantes como serviços cloud, replicação de dados e maior robustez de hardware. Os Personal Cloud Storages com 2 ou mais HDs permitem RAID (Arranjo de discos independente), trazendo segurança, performance e garantindo informações disponíveis 100% do tempo.

HDs de rede ou Network Attached Storages

Quero conhecer mais HDs Externos de Rede
Controle Net