Qual o melhor HD Externo? Confira nossas dicas para comprar o disco certo

Vários modelos de hds externos lado a lado, como hd externo portátil, hd externo desktop e storage com duas baias

Qual o melhor HD externo do mercado? Como fazer a escolha certa dentre tantos modelos, fabricantes e preços? Confira nossas dicas antes de escolher seu novo disco.

Caso você esteja mais preocupado com recursos como grande capacidade, segurança e performance, visite nossa página voltada para sistemas NAS. Caso ainda sua dúvida esteja relacionada a hard disks internos para computadores, servidores ou storages, leia sobre isso no link qual é o melhor hard disk interno.

Assim como os SSDs, todos os discos externos são construídos através da integração de um gabinete externo ou "case", um ou mais discos internos padrão SATA e respectivos cabos para conexão, podendo ser classificados por portáteis, desktop ou profissionais.

Imagem de um HD externo aberto e expondo o case, hd interno SATA e cabo

Como cada aplicação exige um tipo de disco, é um grande equívoco generalizar e comparar equipamentos dessas diferentes categorias para respondermos essa questão. Seguindo esse raciocínio, abordaremos o tema listando as características mais importantes desses equipamentos para facilitar o processo. Ao escolher um HD externo, seja ele fabricado pela Seagate, LaCie, WD, G-Technology ou Toshiba, vale lembrar que os todos podem ser classificados por:

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Portabilidade

Como já mencionado, todos HDs externos são equipados com um ou mais hard disks internos que possuem pratos magnéticos de 2.5 ou 3.5 polegadas de diâmetro. Logicamente, os discos internos menores (2.5 polegadas) são a "matéria-prima" para fabricar notebooks e HDs portáteis. Esses pequenos discos geralmente são 5.400 RPM e não precisam ser conectados a rede elétrica, pois a própria conexão USB fornece a energia necessária para o seu funcionamento.

Caso seu novo HD externo necessite ser transportado do trabalho para a residência, a portabilidade é de extrema importância. Isso significa que equipamento deverá ser leve, pequeno e que possa ser guardado no bolso ou junto com o notebook. Outro ponto importante é que ele possa ser acessado rapidamente, sem muitos fios ou fontes de alimentação externas. Nesses casos, a escolha certa é optar por um HD externo portátil, isto é, um disco montado a partir de um hard disk interno de 2.5".

HD externo portátil conectado em um computador

Por outro lado, toda essa portabilidade pode ocasionar problemas: A movimentação constante do equipamento é um risco adicional à quedas ou impactos. Mesmo assim, caso a decisão seja embasada principalmente pela portabilidade oferecida, discos externos portáteis como a família My Passaport Western Digital (1TB a 4TB) ou Backup Plus Portable Seagate (1TB, 2TB, 4TB e 5TB) são ótimas alternativas.

Fáceis de instalar, compatíveis com PC ou Mac e equipados com uma conexão USB 3.0 (também compatível USB 2.0), os discos My Passaport Western Digital possuem ainda proteção contra acessos não autorizados controlado por senha e a possibilidade de criptografia dos dados via software.

A má notícia é que esses HDs portáteis são fabricados com hard disks internos de 5.400 RPM, não recomendados para aplicações que exigem alta performance como na edição de vídeo, renderização, transferência de grandes arquivos ou para fazer backup de grandes volumes de dados.

Resistência

Para mantermos nossos dados importantes sempre seguros temos que estar preparados contra imprevistos. Como acidentes acontecem e mesmo os melhores HDs externos são sensíveis a impactos, fabricantes  como a LaCie mantém em seu portfólio produtos mais robustos, como a linha de HDs portáteis Rugged.

HD externo portátil lacie rugged ao lado de um computador Mac e de uma mesa de edição de vídeo

Composta por discos portáteis emborrachados, esses pequenos hard disks são velozes (7.200 RPM), robustos, resistentes a poeira, respingos de água e suportam queda de até 2 metros de altura. Com diversos modelos disponíveis, a linha LaCie Rugged atinge capacidades até 5TB e oferece conexões tipo Thunderbolt, USB-C, USB 3.0, USB 2.0 e/ou portas Firewire. Aliada a essa grande variedade de modelos, a LaCie também oferece software para instalação em sistemas operacionais Windows ou Mac, sendo a plataforma mais usada por profissionais criativos em ambientes externos.

Apesar de tantos atributos, a má notícia é que o preço da linha de HDs portáteis LaCie é maior que seus concorrentes, custando quase o dobro do valor de seu concorrente mais próximo.

Capacidade de armazenamento


Apesar de ser uma especificação importante, a capacidade não deve ser o único fator a ser considerado na compra do próximo HD para sua empresa ou residência. Claro que comprar um HD com alta velocidade, criptografia e acesso remoto não resolve nada se o mesmo não possuir o espaço necessário para armazenar as informações de que você precisa.

Um ponto de reflexão sobre comprar discos de alta capacidade de armazenamento é que manter grandes volumes de dados concentrados num único disco é como colocar todos os ovos numa única cesta: Caso o equipamento falhe, todos os dados serão perdidos. Por isso, caso seja essa a decisão, manter o backup desses dados sempre atualizado é quase uma questão de sobrevivência.

Para transferir documentos, fotos ou outros tipos de conteúdo entre diferentes dispositivos talvez até mesmo um pen-drive possa resolver o problema. Em casos onde precisamos mais que isso, vale dizer que discos externos desktop geralmente são mais baratos que discos externos portáteis com a mesma capacidade.

Dois modelos de hd externo desktop ao lado de um computador sobre a mesa

HDs externos desktop são fabricados com hard disks internos de 3.5 polegadas, por isso possuem dimensões maiores que a família dos discos portáteis, são mais pesados, difíceis de transportar e geralmente precisam de uma fonte de alimentação externa. Essas deficiências são compensadas com vantagens como maior capacidade, proteção contra falhas de hardware, maior robustez e melhor performance quando comparados aos modelos portáteis. Outro ponto importante é que os HDs portáteis como o LaCie Rugged Thunderbolt STFS5000800 atingem apenas 5TB enquanto os modelos desktop atingem 10TB em apenas um hard drive.

A maioria dos HDs externos profissionais geralmente utilizam mais que um hard disk no mesmo gabinete. Esses sistemas permitem a montagem de arranjos sincronizados com vários discos como se fossem um único grande volume, porém exigem discos especiais que suportem maiores temperaturas, vibração e trabalho contínuo.

Qnap NAS com 12 baias de formato rack

Assim, algumas linhas de discos internos como os discos Ironwolf Pro Seagate são fabricados exclusivamente para compor essas soluções profissionais de armazenamento, como hds externos profissionais, servidores, workstations e storages NAS.

Essas soluções foram desenvolvidas para fornecer maior capacidade de armazenamento e segurança para os dados, além de performance e uma maior variedade de portas de conexão. Esses sistemas de armazenamento facilitam a integração de diversas plataformas como computadores, servidores e sistemas baseados redes locais.

Sistemas de armazenamento Lacie 6Big e Qnap NAS TS-653B

Seja para o armazenamento de imagens, músicas, filmes, documentos ou backup, diversos fabricantes tem entregue discos externos desktop de 1TB e 2TB que são facilmente encontrados em qualquer loja do ramo. Caso o interesse seja armazenar ou manter milhares de arquivos, fotos, filmes e pastas por um longo período, apenas um HD externo de 1TB talvez não seja suficiente. A linha de hard disks Seagate Backup Plus estão disponíveis com capacidades de 1TB a 10TB num único gabinete e, mesmo assim, não custam nenhum absurdo.

A ideia de ocupar vários terabytes armazenando com seus filmes ou músicas preferidas não assusta, pois esse um tipo de material que pode ser recuperado em caso de desastre. Nesses casos discos grandes podem ser ótimos aliados, pois custam mais barato que sistemas de armazenamento profissionais (storages) e são ótimos para guardar informação de menor importância.

Caso a aplicação exija capacidade e alguma segurança, alguns modelos de hard disks profissionais trabalham em modo multi-drive, como em sistemas de armazenamento (storages), podendo facilmente atingir 40TB de espaço num único gabinete, como o HD LaCie 5big.

Tipos de conexão e compatibilidade

As tecnologias para conexão de periféricos são atualizadas constantemente, por isso definir qual é o melhor hd externo para um ambiente sem considerar quais equipamentos serão conectados é um grande erro. HDs Externos ultra-modernos nem sempre são compatíveis com computadores de geração anteriores, frequentemente ocasionando investimentos desnecessários e entregando desempenho aquém do esperado.

Para usuários menos experientes vale lembrar que mesmo conectores idênticos, como os do padrão USB, transferem dados com performances muito diferentes. Somente para referência, conectores dos antigos padrões USB1.0 e USB1.1 tipo A  entregam velocidades máximas até 1.5Mbps e 12Mbps, enquanto os padrões USB2.0 e USB3.0 480Mbps e 5Gbps respectivamente.

Conexões USB

Além disso, atualmente os padrões USB-C e Thunderbolt possuem o mesmo tipo de conector, aumentando ainda mais a confusão. Mesmo conectores do padrão Firewire e ethernet também possuem diversas versões mantendo o mesmo tipo de conector físico, facilitando assim a compatibilidade entre os dispositivos mas sacrificando a velocidade do equipamento mais veloz.

Conexão USB-C e Thunderbolt 3

Para tranquilizar nossos leitores, a maioria dos computadores atuais possui pelo menos uma porta no padrão USB, que facilita a conexão de qualquer periférico baseada nessa tecnologia. Computadores mais poderosos geralmente possuem portas de alta velocidade como as novas USB-C ou Thunderbolt 3, entregando performances muito superiores que alguns anos atrás.

Outra grande sacada da LaCie foi manter HDs Externos compatíveis com diversos sistemas operacionais, além de diversas portas de comunicação no mesmo equipamento, presentes nas famílias, triple, quadra, 2big e 5big. A flexibilidade de equipamentos multi-conexões é especialmente úteis em ambientes que exigem integração entre computadores novos e antigos, sejam eles Mac ou PCs.

Velocidade de transferência

Como já mencionado, capacidade não é tudo, mesmo quando se trata de unidades externas profissionais. A velocidade de transferência também é um fato importante a ser considerado. Transferir arquivos de um ou mais computadores para um HD externo pode ser uma experiência demorada e sujeita a falhas, mesmo que o computador seja de última geração.

Existem alguns fatores que influenciam na velocidade com que o novo HD poderá atender suas requisições: A tecnologia de armazenamento, a velocidade e taxa de latência do(s) hard disk(s) interno(s), o tipo de conector (porta de comunicação) usado no disco e respectivo computador hospedeiro são apenas algumas dessas variáveis. Embora alguns hard disks sejam mais rápidos do que outros em algumas situações, isso não significa que ele terá sempre uma performance superior. Lembre-se: Aplicações diferentes exigem soluções de armazenamento diferente.

Como regra geral, equipamentos com maiores velocidades de giro (RPM) conectados a computadores através de portas mais atuais como a USB-C ou Thunderbolt 3 tendem a entregar maior performance. A maioria dos computadores e das unidades de armazenamento possui algum tipo de interface USB, mas diferentes gerações dessas portas possuem características distintas, principalmente em relação a velocidade de transferência. Portas como a USB 2.0, Firewire ou eSATA são padrões antigos e devem ser evitados, salvo se forem usadas apenas para fazer pequenas transferências de arquivos pouco frequentes.

Conexão USB, Firewire e Thunderbolt

Já o padrão USB 3.0 oferece um aumento substancial na velocidade (até 5 Gbps), enquanto o novo USB 3.1 (também chamado de USB 3.1 ou USB-C) tornou-se mais comum e oferece velocidades de transferência até 10 Gbps. Além dela, HDs externos Thunderbolt 3 oferecem o meio de conexão atual mais rápido que existe, capazes de transferir dados em até 40 Gbps.

Segurança

A segurança é um tema que deve ser dividido em duas partes: Segurança contra falhas de hardware e/ou contra acessos não autorizados

Segurança contra falha de hardware

Antes de decidir qual é o melhor HD externo para sua necessidade, é importante mensurar o valor das informações que serão armazenadas. Filmes, músicas e arquivos facilmente recuperáveis podem ser salvos em qualquer lugar, afinal é simples obter novas cópias dos mesmos em caso de falha.

O problema começa quando temos informações importantes como documentos pessoais, fotos familiares e outros arquivos que não poderão ser reconstituídos.

Qualquer sistema baseado em apenas um disco, seja um HD portátil ou do tipo desktop, não possui nenhum tipo de proteção contra falhas. Isso significa que caso o hard disk interno apresente problemas, todos os dados serão perdidos.

Imagem de um HD aberto com pessoas fazendo manutenção do disco garantindo a segurança dos arquivos

A resposta para quem não pode correr riscos com a perda de dados é comprar um HD externo profissional.

Compostos de mais do que um hard disk, esses sistemas de armazenamento são mais seguros, rápidos e confiáveis que discos externos comuns, podendo abrigar até 12 hard drives no mesmo gabinete e atingir mais que 120TB de capacidade num único gabinete, como no caso do 12big LaCie STFJ120000400.

Discos dessa natureza podem agregar vários hard disks para trabalho conjunto (RAID), possibilitando que os dados sejam duplicados em dois ou mais discos. Com isso, caso um dos discos falhe, o outro continua funcionando para que não haja perda de dados.

Segurança contra acessos não autorizados

A proteção contra acessos não autorizados usualmente é baseada em software. Essas proteções baseiam-se em acesso de usuários controlado por login, senhas ou através da criptografia de dados. Caso os dados armazenados sejam sigilosos, proteger o acesso via senha e/ou criptografar os dados são boas práticas que podem ser implementadas, por isso ao escolher o melhor HD externo para sua aplicação, vale a pena verificar se o mesmo é compatível com soluções de criptografia de software.

Excelentes para a maioria das pessoas, esses discos oferecem uma boa forma de proteger dados contra acesso não autorizados, porém esse tipo de proteção diminui muito a velocidade de acesso aos dados.

Para usuários que levam a segurança de dados a sério e precisam de performance, alguns sistemas profissionais de armazenamento possuem recursos de criptografia de hardware.

Recursos extras

Com uma grande quantidade de modelos de HDs externos existentes, a concorrência obriga os fabricantes a estar sempre inovando. Atualmente é fácil encontrar discos que oferecem sincronização com a nuvem, possuem sistemas de backup robustos e um milhão de outras maravilhas, porém todo cuidado é pouco quando o assunto é manter nossos dados seguros. 

Para quem ainda não está satisfeito com as possibilidades oferecidas, vale a pena considerar aos novos modelos de discos que oferecem conectividade Wi-Fi para facilitar o acesso a arquivos, sistemas de armazenamento para redes domésticas como os personal cloud storages e os pequenos e ultra-velozes cartões SSD externos.

Storages NAS Qnap

Apesar das características e fabricantes acima cobrirem 90% do mercado de discos, você pode ainda estar em dúvidas sobre qual é o melhor HD externo para sua necessidade, que esteja dentro do orçamento e de suas expectativas.

Por isso, antes de tomar sua decisão, avalie corretamente o valor das informações que serão armazenadas, qual será o impacto numa eventual falha e como será o processo de recuperação de dados caso o novo disco falhe.

Com tudo isso, fazer o backup dos arquivos mais importantes é uma ótima forma de se proteger contra eventualidades, mantendo os dados sempre à mão.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

Fazer backup em HD externo é totalmente seguro?

Fazer backup em HD externo é totalmente seguro?

Fazer backup em HD externo nem sempre nos salva de desastres. Saiba evitar problemas futuros e implementar um sistema de backup robusto e funcional.

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

Saiba como evitar os erros mais comuns antes de adquirir um servidor ou storage. Confira aqui algumas dicas para facilitar esse processo de compras.

Preço não é tudo na hora de comprar HD externo, confira.

Preço não é tudo na hora de comprar HD externo, confira.

Vai comprar HD Externo e quer saber qual é melhor? Os storages NAS estão mais baratos e são a alternativa mais segura para armazenar suas informações importantes.