Qual é o melhor servidor de armazenamento em rede para os arquivos?

Servidor de armazenamento para aplicações corporativas

Uma série de fatores devem ser previamente analisados para eleger qual é o melhor NAS corporativo. Para aplicações empresariais, o desempenho e a capacidade do sistema deverão ser altamente escaláveis, oferecerem gerenciamento centralizado e possuírem recursos nativos para a proteção de dados.

Como escolher o melhor NAS corporativo?

Um servidor de armazenamento em rede beneficia empresas de todos os tamanhos. Conhecidos como network attached storages (NAS), esses equipamentos diferem amplamente em desempenho, capacidade e escalabilidade.

Servidores NAS residenciais x Enterprise NAS

Servidores NAS residenciais x Enterprise NAS

Diferentemente dos servidores NAS domésticos, um servidor de armazenamento em rede corporativo deve suportar maiores demandas relacionadas ao desempenho, escalabilidade e disponibilidade que seus irmãos voltados para uso em pequenos escritório e residências.

Os NAS para uso SMB ou pequenos escritórios remotos geralmente são simples, flexíveis e fáceis de serem configurados, porém não atendem demandas que exigem alta performance, integração multiplataforma e trabalho 24x7. Esse cenário é o dia-a-dia de datacenters e infraestruturas de TI de grandes empresas, onde a falha no compartilhamento de arquivos em rede pode custar muito caro.

O que é um sistema de armazenamento em rede escalável?

Quando os storages NAS começaram a ser vendidos, a única maneira de expandir a capacidade de um servidor de armazenamento em rede era comprar outro equipamento. O problema é que devido à grande facilidade de serem implementados, esses equipamentos tomaram conta das infraestruturas de rede, dificultando o gerenciamento dos dados pelas equipes de TI, sem mencionar a quantidade de máquinas extras que começaram a povoar os racks de servidores.

Enterprise storages Qnap

Isso não chega a ser um problema para um servidor de armazenamento de uso caseiro ou de um pequeno escritório, pois poucos usuários possuem recursos ou interesse para instalar vários dispositivos numa mesma rede local.

No ambiente corporativo é diferente. Usuários de filiais ou de departamentos diferentes que buscam mais capacidade e/ou desempenho dos sistemas estimulam imediatamente a chegada de novos equipamentos, causando uma grande desorganização na infraestrutura de rede das empresas.

Com isso, o administrador de TI entendeu que seria melhor optar por sistemas que suportassem expansões, ao invés de continuar acrescentando novos servidores indefinidamente à infraestrutura existente.

Infraestrutura de servidores

Existem dois tipos de arquiteturas para sistemas de armazenamento escaláveis: a que escala para cima (scale-up) e a que escala para fora (scale-out). Sistemas que escalam para cima permitem adicionar módulos adicionais a um sistema existente, como hard disks, módulos de expansão ou controladoras.

Como as controladoras que definem a quantidade máxima de CPUs e o número de hard disks dos arranjos, isso limita o número e a capacidade de componentes adicionados. Essa limitação ocorre tanto em sistemas de controladora única quanto dupla, pois a maioria delas são configurações ativas/passivas em vez de ativas/ativas.

Já o armazenamento scale-out é uma arquitetura distribuída que é escalável através do uso de clusters. Cada novo servidor (nó) adiciona mais desempenho e capacidade ao sistema distribuído, tornando-se parte de um sistema global.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Servidores de armazenamento em rede com gerenciamento centralizado

Tanto sistemas scale-up quanto scale-out devem fornecer uma interface de gerenciamento centralizada para todos os sistemas de armazenamento em rede. Essa interface deve permitir configurar facilmente novas matrizes RAID e nós, incluindo políticas e partições lógicas.

Como o gerenciamento centralizado dos servidores de armazenamento em rede é uma preocupação constante, fabricantes como a Infortrend e Qnap dispõe de diversos equipamentos (baseados em ZFS) que permitem unificar sistemas num único local centralizado, facilitando a gestão dos recursos.

Servidores de armazenamento em rede baseados em zfs

O Global Namespace simplifica ainda mais o gerenciamento de arquivos para sistemas de classe enterprise. Essa tecnologia expande logicamente desde sistemas de arquivos de alguns terabytes até dezenas de petabytes e bilhões de arquivos em sistemas distribuídos.

Enterprise NAS, equipamentos com maior proteção contra a perda de dados

Além do uso massivo de aplicações que fazem replicação de dados em tempo real e instantâneos (snapshots), sistemas de armazenamento em rede profissionais possuem alta disponibilidade, são redundantes e fazem uso de componentes de hardware robustos como o armazenamento all flash.

Armazenamento All Flash

As mesmas práticas recomendadas para proteção de dados em outros dispositivos de armazenamento de dados são indicadas para os enterprise NAS: Mantenha o foco e a prioridade nos dados armazenados, utilize todas as opções possíveis para proteção dos dados e armazene o backup fora do local usando replicação e snapshots.

Qual o melhor servidor de armazenamento em rede?

O melhor servidor de armazenamento em rede para sua empresa dependerá das necessidades de cada aplicação. Para algumas demandas, o melhor sistema de armazenamento será o que oferece o maior desempenho. Para outras, pode ser o hardware que entrega maior capacidade de armazenamento pelo menor preço. E para outros ainda, pode se resumir ao custo por terabyte, nível de disponibilidade ou segurança.

Para responder corretamente a questão, a empresa envolvida deve ter como foco os seguintes pontos:

Capacidade: Qual o volume de dados que a organização precisa armazenar? Considerar as necessidades atuais e futuras de armazenamento minimiza investimentos desnecessários. Equipamentos baseados em hard disks SATA são mais baratos que discos SAS ou memórias flash. Porém, esses servidores de armazenamento entregam mais performance em IOPS, possuem baixa latência e entregam maior redundância.

Desempenho: Qual a performance que você precisa em seu sistema de armazenamento? Essa resposta determinará entre escolher um servidor NAS com hard disks lentos (SATA), mais rápidos (SAS) ou unidades de alta performance baseadas em flash (SSD). Aplicativos avançados como vídeo HD, machine learning e Virtual Desktop Infraestructure (VDI) exigem desempenho oferecido por dispositivos NAS baseados em flash com muito cache e memória integrados.

Aplicação: Quais aplicações sua empresa usará no novo servidor de armazenamento em rede? Alguns fornecedores como a Synology e Qnap oferecem dispositivos especificamente adaptados a determinadas necessidades, como análise de big data ou VDI, e podem oferecer vantagens sobre hardware mais genérico.

Espaço físico: As soluções de armazenamento em rede disponíveis no mercado utilizam pouco espaço. Com recursos para suportar hard disks de até 16TB, um servidor NAS Qnap pode facilmente atingir 128TB de capacidade nativa num único gabinete 2U. Isso significa menores custos relacionados ao espaço ocupado no rack, menor aquecimento e consumo de energia.

Considerações sobre a rede local: Ao contrário dos sistemas de armazenamento SAN, que configuram uma rede de armazenamento separada, os servidores de armazenamento em rede tornam-se nós da rede LAN. Isso significa que você precisará garantir que o hardware selecionado ofereça os tipos certos de portas e suporte aos protocolos de rede usados em seu ambiente de trabalho.

Confiabilidade e disponibilidade: Todos sistemas de armazenamentos profissionais incorporam recursos como RAID e redundância de componentes para melhorar a disponibilidade dos dados. Alguns também oferecem sincronização automática, recuperação de desastres e failover automático.

Deduplicação, compactação e tiering: Alguns fabricantes de soluções de armazenamento em rede tem incorporado recursos que reduzem a quantidade de espaço consumido pelos dados armazenados. Quando calculados os custos totais, é importante levar tipo de recurso em consideração. Se um servidor puder manter em suas matrizes dados sem duplicidade, possuir recursos para compactar os dados não utilizados e a capacidade de alocar automaticamente as informações mais acessadas em camadas de alta performance (SSD), o consumo e o custo por terabyte serão otimizados.

Segurança: Os servidores de armazenamento geralmente possuem recursos como antivírus, autenticação por usuário em duas etapas (login e senha) e recursos de criptografia incorporados. Mesmo servidores de armazenamento domésticos com apenas 2 hard disks já possuem esses recursos.

Sistema operacional e software: Alguns servidores NAS exigem o aprendizado de um novo sistema operacional. Assim, quanto mais o novo SO for familiar para sua equipe, menor será o custo de aprendizado. Por outro lado, sistemas operacionais não intuitivos não oferecem a flexibilidade e a capacidade de gerenciamento necessário para uma rápida implantação.

Garantia e suporte: Alguns fornecedores de sistemas de armazenamento não tem a mínima ideia do que estão vendendo. Fuja de lojas virtuais, revendas não especializadas e soluções improvisadas. Comprar um NAS de empresas como essas significa ter dor de cabeça na implantação, falta de suporte e a possível perda de dados. Isso afeta o custo total de propriedade e diminui a confiabilidade do sistema.

Conheça a linha de storages Synology

Mesmo NAS corporativos de grandes marcas podem trazer problemas

Mesmo que um NAS corporativo possua uma boa grife, não significa que ele será o melhor equipamento para seu ambiente. Geralmente eles são só mais caros e seus concorrentes menos famosos. De qualquer forma, soluções de armazenamento em rede bem planejadas envolvem:

Espaço físico necessário: Conheça os requisitos de espaço do novo servidor NAS, especialmente se você planeja escalá-lo. Um servidor de armazenamento pode possuir um chassi 2U e precisar de espaço adicional para expansões de mais 4U. Os clusters distribuídos de NAS precisarão de mais espaço ainda, embora não se limitem ao data center.

Unidades de armazenamento: Muitos NAS corporativos já são fabricados com SSDs e HDDs híbridos, sendo que alguns sistemas NAS são já totalmente flash. Saiba mais sobre storages híbridos, storages all flash e as quais são suas opções sobre o desempenho, capacidade e custo de expansão de cada alternativa.

RAID: A maioria dos sistemas NAS corporativos possuem suporte à montagem de arranjos RAID. Os sistemas mais avançados geralmente permitem configuração de diferentes RAID em múltiplos volumes para atender às necessidades de desempenho, proteção de dados e capacidade.

Tiering: Servidores de armazenamento em rede de classe enterprise permitem a instalação de memória cache para melhorar o desempenho do sistema ou movimentar automaticamente os dados sem uso para camadas de armazenamento de menor custo. Essas camadas podem ser um hard disk nearline SATA ou uma biblioteca de fitas.

Performance: Um servidor NAS não possui o mesmo desempenho que storages DAS, porém a chegada dos sistemas flash otimizou o armazenamento em rede para atender quaisquer ambientes mais exigentes em performance. Associado ao aumento do desempenho e diminuição de latência, as velocidades da comunicação das portas de rede/servidor também aumentam o desempenho do sistema. Portas disponíveis 10GbE, Fibre Channel ou novos padrões ethernet de alta velocidade são sempre bem-vindos.

Segurança: Um Enterprise NAS herda a segurança da rede, incluindo firewalls, anti-malware, credenciais controladas por AD e sistemas de detecção de intrusão. Considere ainda a criptografia de dados. A criptografia por software para SSDs e disco está disponível em diversos sistemas, porém a criptografia por hardware será consideravelmente mais rápida.

O uso de um NAS como sistema de armazenamento em rede

uso de um NAS como sistema de armazenamento em rede

Com o crescimento explosivo da produção de conteúdo, os sistemas de armazenamento em rede continuarão sendo muito requisitados. O uso do NAS corporativo está crescendo especialmente rápido em ambientes que exigem alta capacidade de armazenamento e escalabilidade massiva.

Os ambientes que incluem arquivos ativos, vigilância por vídeo, pós-produção de transmissão, gerenciamento de ativos de mídia, streaming de vídeo e arquivos médicos são apenas alguns exemplos onde esses servidores fazem sucesso.

Traga seu projeto e tire suas dúvidas. Somos especialistas em armazenamento de dados e distribuidores autorizados de fabricantes como Infortrend, Qnap, Seagate, WD e Synology.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

Qual a melhor solução de backup para sua empresa?

Qual a melhor solução de backup para sua empresa?

Manter uma solução de backup corporativa sempre funcional é uma das tarefas mais importantes dentro de qualquer empresa. Confira nossas dicas!

Storage NAS Caseiro? Será que um Servidor desses resolve?

Storage NAS Caseiro? Será que um Servidor desses resolve?

Storage NAS Caseiro? Será que um Servidor NAS desses resolve? Montar um servidor de arquivos ou storage caseiro pode colocar suas informações em risco

Comprar um Synology NAS merece alguns cuidados, confira nossas dicas

Comprar um Synology NAS merece alguns cuidados, confira nossas dicas

Comprar um Synology NAS pode ajudar a resolver muitos problemas de armazenamento. Confira algumas dicas para escolher o modelo correto para você.

Fale Conosco

  • Controle Net Tecnologia LTDA
  • CNPJ: 03.247.280/0001-25
  • Av. dos Carinás, 660 - Moema
  • São Paulo, SP - CEP: 04086-011