NAS - Network Attached Storage

NAS

NAS ou network attached storage é a definição dada aos equipamentos voltados para o armazenamento de dados que são acessados através de uma conexão de rede local. Compostos de processador (CPU), memória, placa(s) de rede, fonte(s) de alimentação e disco(s) rígido(s), essas soluções são mais robustas que HDs externos e estão preparados para armazenar de forma organizada informações de uma empresa ou residência.

Dotados de mais inteligência que computadores ou servidores convencionais, os NAS entregam alta performance para armazenar informações, proteções contra o acesso não autorizado e mecanismos contra a perda de dados, além de permitirem a administração do conteúdo armazenado através de um painel de controle.

Fabricantes como Qnap, Seagate, Lacie e Synology tem disponibilizado soluções NAS para usuários residenciais com 2TB, 4TB, 6TB ou 8TB até grandes datacenters, partindo de pequenos Personal NAS servers para 2 discos rígidos até sistemas de armazenamento com centenas de discos e memórias SSD, com sistemas com tolerância a falha e redundância de hardware e software.

Network Attached Storage, informações seguras

Toda informação gerada é armazenada em discos rígidos ou memórias. Grandes servidores, storages e estações de trabalho, na residência ou em enormes datacenters geralmente utilizam hard disks para armazenar dados. O problema é discos rígidos por si só não oferecem a segurança necessária para o armazenamento de dados no longo prazo.

O motivo é simples: Os HDs que armazenam nossas informações têm uma vida útil com longevidade definida e IRÃO apresentar problemas em algum lugar do futuro. Enxergando a necessidade de proteger as informações importantes, grandes fabricantes dos computadores criaram sistemas específicos para armazenar dados, com gerenciamento e redundância de hardware, software e energia, minimizando as possibilidades de desastres.

Qual HD é indicado para um NAS?

Imagem de HD ao lado de um storage NAS Qnap de rack

A escolha da velocidade, capacidade e robustez dos discos rígidos é fundamental ao montar um network attached storage. Diferentemente dos HDs que equipam nossos computadores, os discos rígidos para NAS são mais robustos, suportam mais vibração, podem ser configurados para trabalhar em conjunto (RAID) e trabalham 24 horas por dia e 7 dias por semana (24x7). Um recurso desejável e está presente na maioria dos NAS do mercado é a característica de ter peças “hot-swappable”.

O recurso hot-swappable é a propriedade que alguns componentes como fontes, discos ou controladoras possuem que permite suas respectivas substituições sem a necessidade de desligar o sistema. Essa característica é importante para realizar manutenção ou upgrades em sistemas que não podem parar, como servidores de bancos e hospitais.

Os NAS domésticos geralmente já possuem gavetas (baias) removíveis para discos rígidos, permitindo que numa eventual falha o disco defeituoso seja substituído sem desligar o equipamento. Sistemas de armazenamento maiores permitem substituição de praticamente tudo, inclusive de placas controladoras processadas.

SAIBA MAIS SOBRE HDs

RAID, O que é e para que serve.

RAID arranjo de discos

Um NAS é equipado com pelo menos dois hard disks e, quando configurados corretamente, pode gravar a mesma informação simultaneamente em ambos, mantendo os dados intactos mesmo que um deles apresente defeito. Essa proteção só é possível porque os discos estão trabalhando em conjunto, configurados num único arranjo conhecido como RAID 1, que espelha as informações dos hard disks e cria uma contingência para o caso de falhas inesperadas. Nesse arranjo é possível obter capacidades brutas entre 2TB (2x HD 1TB) e 24TB (2x HD 12TB). 

Redundant Array of Independent Disk ou arranjos de discos independentes ou RAID é a tecnologia voltada para obter maior performance e/ou manter sistemas de armazenamento funcionando em caso de falhas. Existem vários tipos de RAID, desenvolvidos para atender diferentes os níveis de segurança para os dados armazenados.

Um exemplo é o RAID 5, que necessita de menos três hard disks para ser implementado, disponibilizando a capacidade útil de apenas dois dos discos. Um storage de 30TB (3x HD 10TB) disponibilizará 20TB de espaço útil, suportando a falha de qualquer um dos discos agrupados. Esse arranjo é especialmente útil em sistemas com 8 hard disks, pois "sacrifica" apenas um dos discos do arranjo. Um equipamento em RAID 5 com 96TB (8x 12TB) disponibilizará para utilização 84TB de espaço. 

Hospitais ou grandes empresas como bancos ou repartições públicas necessitam de soluções empresariais robustas, onde perder dados significa desastre e prejuízos incalculáveis.

Com ferramentas como verificação do funcionamento de seus componentes, o NAS pode gravar informações em mais que uma unidade de disco, usar uma ou mais portas de rede para comunicações e avisar ao administrador quando, por exemplo, um disco ou porta de rede falha, possibilitando assim a substituição das peças defeituosas antes da parada total do sistema.

SAIBA MAIS SOBRE RAID

NAS para residências e uso doméstico

Ambiente doméstico com um NAS Qnap de 2 baias sobre a bancada

A popularização dos computadores pessoais e celulares inteligentes tem proporcionado um crescimento explosivo na quantidade de dados armazenados. Fotos, músicas e vídeos são apenas alguns responsáveis pela herança digital que temos que administrar. Como falado, discos rígidos, sejam internos ou externos NÃO são os lugares mais seguros para guardar fotos ou documentos que não poderão ser “reconstruídos” em caso de desastre.

Pensando nisso, empresas como a Qnap, Seagate e Synology disponibilizaram pequenos servidores NAS que utilizam 2 ou mais discos rígidos que gravam as informações mais de uma vez. Aliados aos recursos de monitoramento de hardware, um network attached storage doméstico também permite que peças defeituosas sejam substituídas antes da parada total do equipamento.

SAIBA MAIS SOBRE NAS DOMÉSTICOS

Storages NAS Profissionais

Ambiente de escritório utilizando NAS para compartilhamento de dados

Com recursos como substituição de componentes com o storage nas ligado, sistemas duplicados com funcionamento em caso de falha, clusters de processamento, provisionamento inteligente de espaço, deduplicação de informações e alocação de dados de acordo com o uso (tiering), os NAS enterprise podem facilmente atingir capcidades maiores que 100TB, incorporar recursos como memórias de alta velocidade para otimizar o processamento e sistemas de energia a prova de falha. Atualmente essas tecnologias estão mais acessíveis e fáceis de serem implementadas, por isso sempre vale a pena buscar ajuda com alguém da área antes da implementação de uma solução de armazenamento.

SAIBA MAIS SOBRE NAS PARA EMPRESAS

Problemas crescentes, soluções escaláveis.

Obviamente preços e recursos incorporados aos sistemas de armazenamento andam juntos, por isso os NAS são equipamentos que podem facilmente chegar a Petabytes de informação e alguns milhões de reais de investimento.

Nós da ControleNet somos especialistas em armazenamento e temos profissionais capacitados para auxiliar na escolha e implementação de storages ou servidores, seja para sua residência ou para montagem de um grande datacenter.