Como fazer a recuperação de dados em RAID

Recuperação de dados em raid

Discos rígidos configurados em arranjos fazem parte do cotidiano de sistemas de armazenamento de dados e servidores. Conhecidos como arranjos RAID, o recurso de manter discos agrupados é projetado para otimizar o desempenho e/ou aumentar a segurança desses equipamentos. No entanto, a chance de perder dados importantes pela falha de um arranjo de disco sempre existe. Somente storages de alta disponibilidade oferecem risco "quase zero" contra a perda de dados. Antes de apresentarmos algumas alternativas sobre como proceder em caso de desastre, vale informar que os arranjos podem ser construídos por hardware ou software.

RAID por hardware

O arranjo RAID controlado por hardware utiliza uma controladora, incorporada ou não à placa-mãe do servidor ou storage. Isso significa que o hardware foi projetado e incorporado para acomodar o software que controlará o arranjo de disco. Geralmente presente em servidores e storages, esses arranjos possuem uma placa RAID ou um circuito integrado na própria placa-mãe que será responsável pela criação e gerenciamento dos arranjos e volumes. Nesse tipo de tecnologia, hard disks individuais são usados, mas o sistema enxerga todos como sendo o mesmo disco.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

A capacidade resultante desse agrupamento dependerá do número de discos dentro do arranjo ​​e do nível de RAID utilizado. Geralmente, quanto maior é o número do arranjo RAID, menor o espaço de armazenamento e maior a segurança dos dados. Por exemplo, ao montar um arranjo com quatro hard disks em RAID 0 consegue-se mais capacidade que os mesmos discos configurados em RAID 6. Por outro lado, se apenas um dos discos falhar em RAID 0 todas informações serão perdidas enquanto o arranjo feito em RAID 6 suporta falha de até dois discos.

RAID por hardware, Qnap TS-431P e gráfico demonstrativo do RAID 6

RAID por software

O RAID por software, como já diz o nome, é gerado por software e não necessita que o hardware seja originalmente concebido para o agrupamento de discos. Em alguns sistemas operacionais de computador existem ferramentas como o "Gerenciador de dispositivos" que permite gerenciar todos os componentes do hardware e formar arranjos. Como os novos processadores e softwares que acompanham o sistema operacional estão muito avançados, a função de criação do RAID deixou de ser uma responsabilidade de um componente de hardware específico. O RAID por software é obtido alocando espaços em diferentes unidades de armazenamento para formar uma unidade RAID virtual. Nesse caso, o computador reconhecerá e tratará todos os espaços combinados como um único disco ou unidade de armazenamento lógica.

RAID por software, tela do software

O que é recuperação de RAID?

A recuperação de RAID é a reconstrução do ambiente de armazenamento danificado, tornando-o novamente operacional. Como o dano pode ser lógico ou físico, talvez apenas um software de recuperação de dados possa reconstruir o sistema de arquivos diretamente na unidade de armazenamento. Alguns softwares mais "conservadores" tem o recurso de reescrever a informação em outros dispositivos de armazenamento, incluindo discos rígidos externos e mídias removíveis. Esse recurso é mais seguro, pois mantém o arranjo original danificado com os dados intactos, caso a primeira tentativa não logre êxito.

Em qualquer ação de recuperação dos dados gravados em arranjos, o principal objetivo é reconstruir os dados na totalidade bem como seus seus parâmetros de arquitetura. O essencial para o processo de recuperação RAID seja bem sucedido é a correta identificação da matriz RAID utilizada.

A recuperação do RAID

Como a recuperação de um arranjo de discos danificado é uma tarefa dolorosa, é muito importante lembrar que qualquer tentativa de recuperação de dados sempre estará sujeita a perda definitiva dos dados. Nossa recomendação é sempre manter um plano de backup ou um sistema de replicação de dados eficiente, minimizando qualquer possibilidade da perda de dados.

O nível de dificuldade para a recuperação de dados em arranjos variam se a construção foi feita via hardware ou software. Alguns usuários supõe que RAIDs criados por software podem ser recuperados mais facilmente uma vez que os dados são distribuídos em discos separados fisicamente. Mas isso não é sempre verdade. Alguns arranjos criados por software podem ser tão difíceis de serem recuperados quanto os RAIDs de hardware.

Todos os arranjos podem estar sujeitos a falhas lógicas (software) ou físicas (hardware), sendo que a correta identificação do tamanho do problema pode minimizar o desembolso na recuperação de dados e diminuir o tempo de inatividade. Falhas lógicas geralmente são podem ser recuperadas por software, enquanto falhas físicas em hard disks exigem equipamentos e profissionais qualificados para a tarefa.

Softwares para a recuperação RAID funcionam?

Softwares para a recuperação RAID nem sempre funcionam

Nem sempre. Existem vários softwares para recuperação de RAID que identificam o nível do arranjo, fazem a leitura dos dados e podem reconstruir a área danificada do sistema. Nenhum fabricante ou distribuidor se responsabiliza por esse tipo de solução, por isso vale a pena ponderar prós e contras antes de buscar esse tipo de solução na web. Como dito, arranjos com paridade maior tendem a ser mais fáceis de serem recuperados, principalmente tratando-se de um problema de software. O maior problema de adotar qualquer solução de recuperação por software é o risco de perder definitivamente os dados.

Como recuperar um arranjo RAID corrompido?

Caso seu storage ainda esteja funcionando, mesmo que em modo degradado, a primeira providência a ser tomada é atualizar o backup de dados o quanto antes. Assim que seu backup estiver atualizado, restaure-o num novo sistema de armazenamento, para não correr riscos de perda de dados e/ou uma eventual interrupção do trabalho. Caso não exista essa disponibilidade, busque soluções rápidas como alugar ou comprar uma nova máquina até que o equipamento defeituoso seja consertado.

Procure também o serviço autorizado do fabricante para substituição do(s) discos defeituoso(s). Caso o sistema de armazenamento tenha perdido mais discos do que a matriz suportada, procure o fabricante ou empresas especializadas na recuperação de dados.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

Servidores e suas aplicações

Servidores e suas aplicações

Como escolher o melhor servidor para sua residência ou empresa? Confira os principais tipos de servidores e suas respectivas aplicações.

Quais os maiores erros ao comprar SSD?

Quais os maiores erros ao comprar SSD?

Evite cometer erros ao definir qual unidade de armazenamento para seu ambiente. Confira uma lista com os maiores erros na hora de comprar SSD.

Vai comprar um Network attached storage (NAS)? Confira nossas dicas.

Vai comprar um Network attached storage (NAS)? Confira nossas dicas.

Escolher o melhor NAS não é uma tarefa complicada. Confira as dicas de quem entende no assunto para manter os dados de sua empresa seguros e online.

Fale Conosco

  • Controle Net Tecnologia LTDA
  • CNPJ: 03.247.280/0001-25
  • Av. dos Carinás, 660 - Moema
  • São Paulo, SP - CEP: 04086-011