Atendimento por WhatsApp

Atualizar o servidor usado ou comprar um servidor novo?

Com os orçamentos de TI cada vez mais apertados, a maioria das empresas mantém seus servidores locais funcionando por muitos anos, inclusive correndo riscos de interrupção dos serviços.

Nessa hora, muitas empresas pensam em substituir alguns componentes no servidor de aplicação, que nem sempre é suficiente para manter a rede local funcionando com o desempenho desejado.

De qualquer forma, seja para manter os aplicativos funcionando ou para reaproveitar o hardware do servidor para uma nova função, sempre será possível atualizar o servidor usado ou comprar um equipamento novo.

É vantagem atualizar o servidor local da empresa?

Nem sempre nossos servidores suportam a instalação de novos aplicativos, principalmente aqueles mais exigentes em processamento e capacidade de memória.

Nesses casos, responder a pergunta se é melhor atualizar um servidor usado ou comprar um equipamento novo quase nunca é um problema simples de resolver.

Conheça a linha de servidores Asus

A arquitetura de microprocessador tick / tock da Intel e a padronização dos soquetes nas placas-mãe permitiram que várias gerações de servidores suportassem atualizações de processador sem que fosse necessário substituir o equipamento todo.

As memórias, apesar de ter seus preços sempre oscilando, ainda são relativamente baratas e permitem que servidores que começaram com apenas 16 GB ou 64 GB sejam expandidos para capacidades maiores.

Os hard drives de maior capacidade que estão disponíveis hoje permitem o crescimento do armazenamento sem grandes esforços. Então, quais são os prós e os contras de atualizar servidores antigos em vez de comprar novos?

O upgrade de servidor

Fazer upgrade de um servidor pode ser um bom negócio. Mas, apesar de parecer uma boa escolha, essa atualização nem sempre é uma boa decisão para os negócios.

Um servidor novo deve ser depreciado dentro de um período de três anos, porém não é raro empresas que utilizam o mesmo equipamento por períodos maiores.

Quando a aplicação não exige atualizações de sistema operacional e temos pequenos gargalos de processamento ocasionados por maior utilização do sistema, um pequeno upgrade faz todo o sentido.

Mas upgrades possuem vantagens e desvantagens, que precisam ser analisadas com o lápis na mão.

Quer compartilhar pastas e arquivos em rede de forma segura? Use um storage NAS

Vantagens de fazer a atualização de servidor

- Ganho de algum aumento de desempenho e / ou capacidade de armazenamento, obtida com um investimento adicional menor;

- Implementação de performance adicional instantânea, com pouca interrupção do data center;

- Economia nas compras de novas licenças de sistema operacionais, softwares e contratação de serviços exigidas por um servidor novo.

Desvantagens de atualizar servidores

- Atualizar um sistema também significa manter processadores, memórias e discos já estressados, ainda por mais tempo em funcionamento;

- Componentes para atualização de hardware sempre são mais caros quando comprados individualmente;

- Os aplicativos proprietários responsáveis pelo funcionamento do hardware exigem renovação do contrato de suporte, que custam caro e nem sempre estão disponíveis;

- Maior consumo de energia quando comparado com os novos servidores e storages de última geração;

- Menor capacidade de memória mapeável do que as gerações de servidores atuais;

- Atualizar alguns componentes do sistema pode trazer incompatibilidades ou queda de performance em controladoras de array (HBA), adaptadores de rede, hard drives SAS e barramentos de slots PCIe mais antigos;

- Desempenho menor do sistema, quando comparado com servidores que a geração atual forneceria;

- Custos crescentes dos contratos de manutenção para manter o hardware funcionando;

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Então, quando a atualização do servidor faz mais sentido?

Uma atualização de memória é algo relativamente simples de fazer e fácil de encaixar no orçamento.

Porém, quando falamos de atualizar vários servidores de 128 GB para 1 TB de memória RAM, essa simplicidade pode deixar de ser um pequeno investimento e se tornar um investimento oneroso demais para equipamentos no fim da vida.

Na maioria dos casos, toda a memória existente deve ser substituída, pois placas de servidores não permitem misturar módulos RDIMM, LR-DIMM ou pentes de diferentes velocidades.

Em alguns casos, vale mais a pena substituir os processadores e as memórias ao mesmo tempo. Algumas famílias de processadores mais antigas usam memórias mais caras e difíceis de achar, enquanto alguns processadores novos permitem módulos RAM mais baratos.

Nesses casos, vale verificar se as novas gerações de processadores são compatíveis com memórias mais baratas e, se trocar memória e processador simultaneamente, justifica o upgrade.

Este é um ponto em que uma atualização do processador realmente ajuda. Apesar de ser uma atualização muito cara, no final, atualizar processadores e memórias do servidor em uso pode fazer muita diferença na performance do sistema.

Novos hard disks ou SSD

Adicionar hard disks ou substituir as unidades existentes por unidades de maior capacidade ou memórias SSD é outra solicitação de atualização relativamente simples, e que pode ser feita sem grandes problemas.

Porém, antes de começar, é necessário saber se o servidor em uso permite novos hard disks e SSD não proprietários.

O problema é que fabricantes como Dell, Lenovo e HP geralmente utilizam discos proprietários em seus sistemas, obrigando que todas as atualizações sejam feitas apenas com hard disks vendidos pelo próprio fabricante.

Fabricantes usam esse expediente para cobrar mais caro por seus componentes. Esse tipo de política também restringe a compatibilidade com novos hard disks, dificulta a substituição dos mesmos e encarecem as atualizações.

Outro ponto importante é a necessidade de mudança de conexões e controladoras. Sistemas que usam hard disks SATA ou SAS de versões anteriores não entregarão a performance que os novos discos oferecem.

Caso a ideia seja apenas obter mais capacidade de armazenamento e segurança num arranjo RAID, certifique-se que o servidor possui baias livres para instalação e que o drive a ser adquirido seja do mesmo modelo que as demais unidades do sistema.

Alguns servidores mais antigos podem ainda exigir uma quantidade maior de hard disks para entregar a expansão desejada, que nem sempre são fáceis de achar ou estão disponíveis no mercado.

Por outro lado, uma atualização em um servidor com poucas gavetas para disco também significa comprar uma quantidade menor de drives de maior capacidade, que geralmente são mais caros e terão maior perda de espaço na montagem do RAID.

A atualização do processador

Na maioria dos casos, a atualização dos processadores pode ser uma atualização bastante cara e, se a memória não for atualizada ao mesmo tempo, o sistema não utilizará todos os benefícios dos novos processadores.

Muitas placas-mães possuem soquetes para processador capazes de suportar atualizações por CPUs mais novas, porém esse upgrade só é válido quando os demais componentes envolvidos também conseguem entregar a nova performance exigida.

Caso essa conta não seja vantajosa, o melhor a fazer é investir num novo equipamento, fazendo a substituição do servidor antigo por um novo que ofereça melhor desempenho, garantia e suporte completo.

Fazer upgrade do servidor nem sempre é a melhor decisão

Esperar o servidor de aplicação começar a dar os primeiros sinais de fadiga quase sempre é um mal presságio.

Servidores lentos ou instáveis podem ser consequência de que o servidor está no seu limite, executando mais aplicações que o equipamento suporta.

Esses indícios também podem significar defeitos de hardware como o superaquecimento, falha em algum componente ou hard disks no final de sua vida útil.

Como esses equipamentos essenciais para os negócios, situações que geram instabilidade, interrupção nos serviços ou inatividade podem custar muito caro.

Manter um servidor instável e obsoleto em funcionamento também pode significar contratar serviços mais caros, não conseguir peças de reposição e não ter suporte do fabricante.

Conheça a linha de servidores Asus

Por que comprar um servidor novo?

Atualizar o servidor usado ou comprar um novo?

Dentre as principais vantagens de comprar um servidor novo temos:

- Um servidor novo possui garantia de fábrica, que pode variar entre um e cinco anos de garantia, com direito a suporte e assistência técnica;

- O desempenho de um novo equipamento é sempre superior ao que qualquer servidor atualizado forneceria, possibilitando inclusive a consolidação de vários servidores num único hardware.

- Economia de energia e de espaço no rack. Novos equipamentos sempre são mais econômicos que os antigos. A consolidação de muitos servidores num único equipamento potencializa essa economia, liberando o espaço no data center e diminuindo a exigência de refrigeração.

- Mais capacidade de memória mapeada. Processadores atuais sempre permitem sistemas com mais memoria RAM, além de utilizarem módulos mais baratos;

- Todos os componentes do sistema são de última tecnologia, proporcionando maior equilíbrio e desempenho;

- Funcionamento contínuo: Um servidor local novo não deve apresentar problemas de hardware durante anos;

- Maior expectativa de vida: Um equipamento novo foi preparado para receber sistemas operacionais e softwares de última geração. Isso significa menor investimento em adaptações por um bom tempo

Quais são as desvantagens ao comprar um novo equipamento?

- A maior desvantagem da compra de um servidor é ter que fazer um investimento maior. Mas a expectativa de usar o novo equipamento por mais tempo e sem gastos adicionais facilita a decisão.

- A interrupção dos serviços do data center para eventuais migrações das aplicações também é ruim. Nem sempre é possível acrescentar novos servidores sem interromper a produção, principalmente em ambientes não virtualizados.

- Outro problema potencial é a necessidade de compra ou contratação de novas licenças de sistema operacional e aplicações.

- Necessidade de treinamento. Muitas vezes a solução a ser substituída é tão antiga que exige uma plataforma de negócios completamente nova, com servidores e softwares inéditos para os usuários da corporação.

Atualizar o servidor usado ou comprar um computador novo?

Antes de decidir atualizar o servidor usado ou comprar um novo, faça as contas e enumere os recursos úteis que o hardware e software integrados a cada solução proporcionará.

O valor de cada solução deve ser calculado com cuidado, pois o maior custo envolvido está em manter informações seguras e na capacidade na continuidade dos negócios por quem usa, seja uma pequena empresa ou um grande data center.

A Asus possui servidores escaláveis, que podem facilmente "crescer" caso haja aumento na necessidade de armazenamento.

A ControleNet dispõe de especialistas que podem validar as decisões de compra por modelos pré-estabelecidos, distribuindo marcas líderes de mercado com Asus, Qnap, Seagate, Synology e Western Digital.

Fale com nosso especialista!
Ligue: (11) 3475-5000

Servidores

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Servidores.

Vai comprar um novo servidor? O preço é importante, mas não é tudo.
Vai comprar um novo servidor? O preço é importante, mas não é tudo.

Vai comprar um novo servidor? Preço é importante, mas não é tudo nessa decisão. Saiba o que verificar antes de decidir qual servidor comprar.

Qual é o melhor servidor de armazenamento em rede?
Qual é o melhor servidor de armazenamento em rede?

Qual é o melhor servidor de armazenamento em rede para os arquivos de sua empresa? Saiba como escolher um NAS corporativo com especialistas no assunto

Qual storage comprar, NAS ou DAS?
Qual storage comprar, NAS ou DAS?

Saiba quais são as principais diferenças entre os sistemas de armazenamento NAS ou DAS e escolha qual atende suas necessidades.