Upgrade de servidor: Atualizar ou comprar um equipamento novo?

Upgrade de servidor: Atualizar ou comprar um equipamento novo?

A promessa que a possibilidade de atualização dos servidores e computadores podem prolongar sua vida útil é um dos argumentos de venda de diversos fabricantes. Mas fazer um upgrade no servidor vale a pena?

Uma das vantagens de utilizar um servidor Windows ou Linux é esses sistemas permitem fazer algumas atualizações de hardware para prolongar sua vida útil. Essas atualizações podem ser simples e funcionais, porém também podem causar muita dor de cabeça.

Alguns componentes são mais fáceis de atualizar do que outros. Acrescentar ou substituir placas de rede, modems, memória RAM e placas gráficas geralmente são atualizações mais simples, indolores e podem facilmente prolongar o uso do servidor.

Os upgrades que exigem substituição da motherboard geralmente são mais complexos, porque também podem exigir a atualização de outros componentes. A instalação de um novo processador pode exigir a troca da placa-mãe, dos bancos de memória, da placa de vídeo, do sistema de disco e assim por diante.

Quando fazer upgrade no servidor?

Além das questões técnicas, a resposta óbvia dessa pergunta é a suposta economia conseguida por substituir apenas parte do sistema. Mas essa resposta simplista não é válida para todas as situações. A maioria das empresas SEM um departamento de TI estruturado acredita que apenas aumentar a performance do sistema já resolve todos os problemas.

Essa é uma verdade parcial, pois algumas atualizações feitas no servidor merecem mais cuidado que outras. Instalar uma nova placa de rede ou acrescentar mais memória é relativamente simples e pode ajudar, porém nem sempre vale a pena fazer atualizações radicais em servidores ou storages antigos, sob pena de correr riscos com a interrupção dos serviços.

Upgrade de servidor, riscos com a interrupção dos serviços

A necessidade de upgrade geralmente é constatada pela diminuição da performance, falta de capacidade de armazenamento ou outros problemas técnicos que impedem o bom funcionamento dos servidores.

Em muitos casos, a instalação descontrolada de novas aplicações é causa dessa lentidão no servidor. A expansão dos negócios também leva ao aumento natural do número de usuários acessando o sistema, que também compromete a performance dos serviços prestados.

Finalmente, o uso massivo do equipamento ou, em alguns casos, apenas atualizar os sistemas operacionais e aplicativos por versões mais recentes também exigem novos equipamentos, sob pena dos servidores e sistemas de armazenamento em uso não conseguirem mais atender satisfatoriamente as necessidades da empresa.

Dicas antes de comprar qualquer componente

Um servidor lento não é necessariamente um candidato à upgrade. Uma auditoria no sistema e a remoção de aplicativos não utilizados podem trazer melhor performance, sem a necessidade de substituição de componentes.

O investimento em atualizações mais radicais também não vale a pena. Os custos das atualizações no servidor serão em grande parte determinadas pela configuração e idade do equipamento. Substituir motherboard, memória e fonte simultaneamente pode ser mais caro que comprar um computador novo.

Além disso, mover aplicações não associadas aos servidores de aplicação para equipamentos como storages NAS pode melhorar o tempo de resposta do sistema, sem exigir grandes investimentos.

Enterprise storages Qnap

Um NAS pode receber aplicações secundárias como a de servidor de arquivos ou mesmo fazer backup das estações, liberando o processador do servidor principal para as aplicações corporativas. Além disso, o uso do protocolo iSCSI nesses dispositivos permite ainda mapear alvos de armazenamento fora do application server, acrescentando capacidade de armazenamento ao servidor e/ou atendendo tarefas que envolvem pastas e arquivos de outras estações de trabalho.

Por que fazer upgrade?

Muitas corporações conseguem manter seus servidores funcionando por vários anos com os devidos cuidados e a manutenção correta, porém sempre há limites impostos pela indústria. Servidores com processadores obsoletos não suportam sistemas operacionais recém-lançados, consumem mais energia, podem causar lentidão no atendimento de requisições e deixar de ter suporte pelos respectivos fabricantes.

Além disso, um equipamento de performance reduzida pode afetar a produção de forma geral. Servidores fora de garantia nem sempre possuem peças de reposição e podem gerar maior downtime em caso de desastre. Como pequenas e médias empresas não podem se dar ao luxo de atualizar o parque de servidores e storages a cada três anos, simplesmente recorrem aos upgrades.

O componente de atualização mais polêmico

Hard disks são os componentes que mais precisam de atenção em servidores antigos. A velocidade explosiva na geração de dados sempre destrói qualquer planejamento sobre a capacidade de armazenamento que será utilizada, exigindo mais upgrades que os outros componentes.

O componente de atualização mais polêmico

Trocar hard disks de pequenos servidores é relativamente simples, porém cuidar de grandes matrizes de armazenamento requer cuidados especiais. Discos rígidos são componentes que sofrem desgaste com o uso e reconstruir um arranjo RAID sempre exige o processamento para reconstrução da matriz de armazenamento. Por isso, atualizar disk arrays de servidores e sistemas de armazenamento em funcionamento nem sempre é uma boa ideia.

É comum arranjos antigos apresentarem problemas em diversos discos ao mesmo tempo, ocasionando a perda de dados. A melhor forma de atualizar um arranjo é fazer backup antes da intervenção e substituir simultaneamente todos os discos, não deixando margem para problemas.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Atualização do servidor: O preço justifica?

De acordo com pesquisas do IDC junto a datacenters e infraestruturas de TI, os maiores índices de falhas nos servidores acontecem após o quarto ano de uso. Também foi constatado que apenas atualizar discos e memórias flash resultaram em um ROI de mais de 150% em três anos.

A substituição de servidores antigos que executam funções críticas por equipamentos novos torna essa opção ainda mais sensata. Nenhuma empresa pode funcionar sem que o sistema corporativo, servidor de email e backup estejam em ordem.

Claro que sempre é possível organizar melhor as aplicações e reduzir a carga de trabalho de um servidor sobrecarregado através da implementação de soluções mais baratas. Sistemas de armazenamento SATA de baixo custo podem fazer o cold storage, archiving e backup das estações, liberando assim algumas tarefas do servidor de aplicação.

O risco de fazer upgrades em servidores fora da garantia

Não vale muito a pena aumentar a memória RAM ou instalar bancos de memória flash em equipamentos fora de garantia. A maioria dos servidores de aplicação são vendidas com três anos de garantia, mas componentes com hard disks, processadores e memórias antigos nem sempre podem ser comprados por um preço justo.

Encontrar uma motherboard ou disco compatível com servidores mais antigos pode ser complicado, além de não possuírem mais a garantia e o suporte técnico do fabricante. Esse mercado de reposição também não é confiável, nem sempre disponibilizando essas peças de reposição num preço justo.

Uma boa prática antes de tentar fazer qualquer upgrade é verificar se o modelo de servidor que você pretende atualizar ainda está sendo fabricado. Nesse caso será mais simples obter as peças de reposição sem grandes dificuldades.

Atualizar o sistema de armazenamento do servidor é mais simples

Pequenos servidores com apenas um hard disk quase sempre são ótimos candidatos a atualização. Um servidor de aplicação com apenas alguns anos pode facilmente receber um segundo hard disk. Esta atualização supõe que seu servidor possua espaço no gabinete, cabo de alimentação e uma porta SATA disponível na placa-mãe.

Montar um arranjo de disco do tipo RAID 1

Caso sua pretensão seja montar um arranjo de disco do tipo RAID 1, sempre será melhor substituir os dois discos simultaneamente. Discos fabricados em épocas diferentes não são recomendados para funcionar no mesmo arranjo.

Outro ponto importante é verificar se o sistema suporta esse tipo de atualização. Motherboards mais baratas geralmente não permitem arranjo de disco. Nesses casos talvez seja melhor comprar um servidor NAS com dois hard disks e utilizá-lo como um sistema de armazenamento de rede ou como volume iSCSI.

Conheça as Soluções All Flash Storage

Mais espaço nos arranjos de discos

Arranjos de discos (disk array) com baias livres podem receber mais hard disks, desde que sejam da mesma marca e modelo. Sistemas de armazenamento montados com hard disks de diferentes fabricantes estão mais sujeitos a instabilidades e falhas, ocasionando a perda de dados.

Dependendo do número de discos e do tipo de storage, é possível substituir um disco rígido de cada vez por unidades de maior capacidade até que toda a matriz esteja reconstruída.

Os storages Qnap possuem esse recurso, facilitando os upgrades de capacidade. Outra alternativa é fazer backup de todos os dados noutro dispositivo, substituir as unidades e reconstruir o arranjo de disco do zero.

Mais espaço nos arranjos de discos

Atualizações em busca de melhor desempenho

Existem várias formas para aumentar o desempenho do servidor, porém a mais simples é acrescentar mais memória ao sistema e instalar discos de maior desempenho. Caso seu sistema permita, acrescentar memórias flash para carregar o sistema operacional utilizando um SSD pode resultar num ganho substancial de desempenho.

Caso o problema de desempenho esteja associado ao processamento, diminuir a carga de trabalho do servidor através da transferência de aplicações não essenciais para outros equipamentos é uma solução simples e não requer grandes investimentos.

Conheça as Soluções de Armazenamento Híbrido

Quando comprar um servidor novo?

Empresas com orçamentos reduzidos não gostam de pensar no assunto, porém nem sempre é possível manter equipamentos obsoletos funcionando para sempre. A questão fica ainda mais complexa ao adicionar aplicações de nuvem e a virtualização na equação.

Muitas empresas estão movendo suas aplicações e dados para a nuvem, aposentando alguns de seus servidores. As tecnologias de virtualização e clustering também podem prolongar a vida útil de um servidor ou, pelo menos, mitigar riscos de falha.

Porém o risco de manter um servidor antigo em operação nem sempre supera os benefícios de substituí-lo por um equipamento novo. Além disso, um solução mista como comprar de um storage NAS para mover aplicações que envolvam armazenamento em rede sempre custa menos e traz ótimos resultados.

Quase sempre substituir uma placa-mãe antiga de um servidor por uma nova, mas não testada, mantendo os componentes do velho sistema sempre é problemático. Em time que está ganhando não se mexe.

Upgrade do servidor ou compra de um NAS?

Cada cenário exige uma avaliação diferente sobre o que deve ser substituído ou atualizado. Acrescentar um sistema de armazenamento em rede para auxiliar um servidor sobrecarregado é a solução que causa menos impacto em qualquer ambiente.

Quer compartilhar pastas e arquivos em rede de forma segura? Use um storage NAS

Transferir aplicações não essenciais para outros equipamentos como um storage NAS prologam a vida útil do servidor e preservam o investimento. Traga seu projeto e tire suas dúvidas. Somos especialistas em servidores e sistemas de armazenamento e distribuidores autorizados Qnap, Seagate, WD, Synology e Infortrend.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

O que é e para que serve o Storage DAS ou Direct Attached Storage

O que é e para que serve o Storage DAS ou Direct Attached Storage

Storage DAS ou Direct Attached Storage, O que é e para que serve? Saiba quais são as diferença entre comprar um storage DAS e uma solução de armazenamento em rede.

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

Saiba como evitar os erros mais comuns antes de adquirir um servidor ou storage. Confira aqui algumas dicas para facilitar esse processo de compras.

NAS Doméstico - Saiba qual storage residencial comprar

NAS Doméstico - Saiba qual storage residencial comprar

Confira dicas de nossos especialistas sobre quais são os melhores storages para sua casa. Não corra riscos, seus dados são importantes.

WhatsApp