NVR vs DVR - Qual é a diferença entre esses sistemas CFTV?

Entenda as diferenças entre NVR e DVR

Comprar um sistema de monitoramento para vídeo-segurança significa ter que conhecer as diferenças entre um gravador DVR ou sistema NVR. Ambos desempenham a mesma função, mas diferem em recursos como os tipos de câmeras usadas, a capacidade de armazenamento, possibilidade de expansão e o conhecimento necessário para instalação. Entender a diferença entre os sistemas DVR e NVR é essencial para avaliar e escolher corretamente um sistema de CFTV.

Quais são as diferenças entre um NVR e um DVR?

Tanto DVR quanto NVR são sistemas responsáveis pela gravação de vídeo, só que são equipamentos de gerações diferentes. Enquanto DVR (Digital Video Recorder) significa gravador de vídeo digital e é um sistema analógico, NVR (Network Video Recorder) tem como tradução “gravador de vídeo em rede” e é um sistema digital.

A diferença básica entre um NVR e um DVR é a forma como eles capturam e processam os dados de vídeo (imagens). Os Digital Video Recorder capturam imagens por câmeras “burras” (analógicas), transportam essas imagens por cabo coaxial e deixam o trabalho de converter imagens em dados de computador para o gravador.

Já os Network Video Recorders utilizam câmeras que capturam, codificam e processam os vídeo diretamente no formato de dados antes de transmiti-los para o sistema de armazenamento.

Conexão Coaxial e Ethernet

Após converter as imagens capturadas para o formato de dados, a câmera IP envia essas informações através de cabos ethernet, sistemas de comunicação sem fio ou fibra óptica para o gravador NVR. Câmeras como essas utilizam os endereços IP para fazer a conexão e transmissão dos dados.

Outro ponto relevante é que todas as câmeras dos sistemas DVR precisam de um cabo para transmissão das imagens e devem estar fisicamente conectadas ao gravador de vídeo. Já os NVRs podem, além dos cabos, se utilizar de sistemas sem fio (wireless) para transmitir seus dados.

As câmeras dos dois sistemas são iguais?

Como DVRs e NVRs tratam os dados de vídeo de maneira diferente, exigem também diferentes tipos de câmeras. Enquanto os NVRs utilizam câmeras IP, os DVRs usam apenas câmeras analógicas. Alguns fabricantes lançaram sistemas híbridos capazes de usar as duas tecnologias, que são conhecidos com HVRs (Hybrid Video Recorder).

Apesar das dificuldades de instalação, menor resolução e recursos ópticos, a melhora da qualidade de imagens conseguidas através dos avanços nas câmeras analógicas (DVR) reduziu um pouco a lacuna tecnológica entre os dois sistemas. Além disso, os equipamentos de segurança analógicos (gravadores, infraestrutura e câmeras) têm preços mais baixos que os sistemas de monitoramento baseados em NVR como os storages NAS.

Conheça os melhores storages para monitoramento e CFTV

Todas câmeras IP possuem um chipset capaz de processar os dados de vídeo que serão transmitidos para o gravador NVR. Ao contrário das câmeras analógicas, a maioria dos modelos de câmeras IP são capazes de gravar áudio e vídeo. O hardware de algumas câmeras IP permite também funcionalidades como a análise de vídeo, reconhecimento facial e a criação de cercas eletrônicas.

As câmeras analógicas possuem alguma limitação?

As câmeras analógicas voltadas para sistemas DVR custam pouco e utilizam cabo coaxial, mas possuem uma série de limitações. Responsáveis pela maior redução de custos entre os sistemas de monitoramento analógicos e digitais, essas câmeras de CFTV são mais baratas porque não possuem hardware para transformar as imagens em dados, deixando esse trabalho para o DVR.

Além disso, para manter os preços competitivos, os fabricantes de câmeras analógicas geralmente utilizam lentes de baixo custo e raramente incorporam sensores de movimento e sistemas que permitem movimentar a câmera remotamente.

O cabo utilizado nos DVRs e NVRs limitam os sistemas?

Os sistemas CFTV analógicos são caracterizados por ter instalações compostas por cabos de diferentes padrões (RG59, RG6 e RG11) e utilizar conversores (baluns) nas câmeras que precisam ser instaladas em distâncias maiores.

Utilizar cabos coaxiais também significa diminuir a qualidade da imagem capturada, uma vez que existe perda de sinal de acordo com a distância e o nível de interferência entre o DVR e a câmera. Como a gravação e o processamento da imagem corre por conta do DVR, quanto maior a distância entre a câmera e o DVR, pior o resultado.

Outro ponto importante é a distância suportada para instalações com cabo coaxial são menores que as suportadas por sistemas NVR, que podem contar inclusive com a fibra óptica e a internet para cobrir longas distâncias.

A qualidade da imagem no cabo coaxial geralmente diminui após 100 metros, o que pode limitar sua instalação ou exigir equipamentos para reforçar o sinal. Cabos de baixa qualidade também resultarão em perda de sinal, mesmo em distâncias mais curtas.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Qual sistema é mais difícil de instalar?

O diâmetro e a rigidez dos cabos coaxiais podem tornar a instalação de sistemas analógicos DVR uma missão inglória. O cabo coaxial é mais grosso que os cabos ethernet usados nos sistemas NVR, o que dificulta a instalação em espaços apertados. Os cabos coaxiais também são mais rígidos, agravando esse problema.

Os cabos coaxiais também não transferem energia elétrica para alimentação das câmeras ou suportam áudio. Assim, alguns cabos possuem dentro da parte plástica um cabo específico para energia e, em alguns casos, outro para áudio.

Vale ainda lembrar que nem todo DVR possui entradas de áudio, pois encarecem a solução. Mesmo os DVRs mais avançados dispõem apenas de algumas conexões de áudio, limitando assim o número de câmeras com recursos para a gravação de áudio no projeto.

Os DVRs utilizam muitos conceitos usados em infraestruturas de rede local, como a montagem de arranjos RAID e endereçamento IP, tornando a vida dos profissionais despreparados mais difícil.

Como funciona um gravador DVR?

Os gravadores DVR contam com um chipset de hardware conhecido como codificador AD, que é o responsável pelo processamento dos dados brutos que fluem da câmera para gravações de vídeo legíveis.

Num sistema DVR todas as câmeras são conectadas diretamente ao gravador. Isso significa muitas vezes diversos tubos de grosso calibre recebendo cabos num único lugar. Já um sistema NVR exige apenas que cada câmera se conecte à mesma rede lógica. Isso permite uma melhor distribuição da infraestrutura e o aproveitamento do cabeamento da rede local para eventualidades.

Como funciona um DVR e um NVR

Como mencionado, nos sistemas analógicos, o gravador DVR não fornece energia para as câmeras. Assim, cada câmera conectada necessitará de um cabo de energia próprio para funcionar. Por sua vez, os NVRs podem transportar energia pela própria rede (PoE), mas precisam de câmeras IP e switches específicos para esse fim.

Qual sistema é mais flexível?

Sistemas de vídeo-segurança baseados em DVR são menos flexíveis do que os NVR, principalmente no que se refere a facilidade de expansão do sistema, atualizações, tipos de câmera, opções de infraestrutura e montagem. Enquanto sistemas baseados em NVR podem integrar câmeras de segurança com e sem fio, os sistemas DVR usam apenas câmeras com fio.

Os NVRs geralmente funcionam como storages NAS, ou seja, também permitem rodar aplicações complementares ao sistema de vídeo vigilância, como por exemplo fazer backup dos computadores conectados a mesma rede local.

Os sistemas DVR também têm soluções são menos flexíveis na montagem, porque passar cabos coaxiais pode ser mais difícil e sempre será necessária uma tomada para cada câmera.

A qualidade de imagem e áudio difere entre os sistemas?

Como já mencionamos, nos sistemas DVR as câmeras transmitem vídeo analógico via cabo coaxial diretamente para o gravador, onde as imagens são processadas e são convertidas em dados.

Assim, como existe perda ou interferência durante a comunicação entre a câmera e o DVR, o sinal analógico sempre entregará imagens de menor qualidade quando comparado com os sistemas NVR.

Como os cabos coaxiais também não transmitem nativamente sinais de áudio e os gravadores DVR geralmente possuem poucas portas para esse fim, os projetos de CFTV sempre ficarão limitados no sistema analógico.

Como funciona um sistema de segurança baseado em NVR?

Por ter surgido depois, os sistemas de monitoramento baseados em NVR solucionaram diversos problemas das instalações DVR e incorporaram novas soluções para diminuir essas dificuldades. 

Como os sistemas NVR processam os dados de vídeo na câmera e não no gravador, as câmeras IP dos sistemas NVR são mais robustas e cheias de recursos que as fabricadas para DVR.

Conheça as melhores Câmeras IP

Cada câmera IP é um dispositivo de captura de imagem independente do restante do sistema de vídeo-vigilância, podendo ser acessada diretamente por diferentes aplicativos para esse fim.

Como nos DVR, os Network Video Recorders também precisam estar conectados a câmeras IP. No entanto, sistemas NVR usam cabos ethernet padrão, fibra óptica ou sistemas de transmissão de dados sem fio como roteadores. Além disso, os NVRs permitem ainda aproveitar a infraestrutura de rede local existente, diminuindo o investimento em infraestrutura.

Os gravadores NVR

Ao contrário de um DVR, os NVRs não processam dados de vídeo. Essa etapa é concluída na câmera IP, antes da imagem ser transmitida. Os gravadores NVR geralmente são sistemas de armazenamento usados para armazenar e visualizar as imagens recebidas.

Os sistemas NVR são inerentemente mais flexíveis porque as câmeras de segurança não precisam necessariamente estar fisicamente conectadas ao gravador. Em vez disso, as câmeras IP precisam estar apenas na mesma rede. Assim, os NVRs permitem fazer o monitoramento de câmeras do mundo inteiro que estejam conectadas na mesma rede de um único local físico.

Como os gravadores NVR recebem um sinal digital puro das câmeras, a qualidade do vídeo sempre será melhor do que um DVR na mesma resolução. Além disso, como os cabos ethernet transmitem áudio, por isso qualquer câmera com microfone pode gravar áudio.

Quais são as vantagens dos cabos ethernet?

O cabo Ethernet são mais fáceis de serem passados, pois são mais finos e possuem um conector menor. Isso exige menos perfurações, causando menor dano na montagem do sistema. Além disso, instalações empresarias que exigem muitas câmeras não precisam centralizar todos os cabos num único local físico.

Os cabos ethernet não precisam passar entre todas as câmeras e o gravador. Eles precisam estar na mesma rede lógica. A instalação é mais direta e mais limpa, pois não são necessários vários cabos.

Outra vantagem dos cabos ethernet em relação aos cabos coaxiais é a possibilidade de utilizar o recurso Power over Ethernet (PoE), permite conectar a câmera IP com apenas um cabo para capturar vídeo, áudio e energia, eliminando assim a necessidade de splitters confusos, como os usados nos sistemas DVR.

Os cabos de rede são mais baratos que os coaxiais e mais fácil de serem encontrados, tornando a substituição dos cabos ou a expansão do sistema mais simples. Uma vantagem adicional do cabo ethernet é que todas as câmeras do sistema podem transmitir áudio, já que o padrão ethernet pode trabalhar com dados de áudio sem problemas.

Apesar do comprimento máximo do cabo ethernet de apenas 100 metros, switches e roteadores podem ser usados para aumentar a distância total sem perder qualidade de imagem.

Qual sistema escolher, NVR ou NVR?

O DVR é mais barato no primeiro momento, porém oferece pouca flexibilidade e capacidade de expansão. Já instalações que utilizam NVRs e câmeras IPs são flexíveis e permitem fácil expansão, porém o investimento inicial é maior.

Traga seu projeto e tire suas dúvidas. Somos especialistas em sistemas de armazenamento e vídeo-vigilância e distribuidor autorizado Seagate, Qnap, WD, Vivotek e Synology.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: CFTV!

CFTV

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de CFTV.

Sistema de monitoramento para pequenas e médias empresas

Sistema de monitoramento para pequenas e médias empresas

Sistemas de Monitoramento IP: A tecnologia de vídeo que fornece soluções de vigilância flexíveis, escaláveis e baixo custo p/ empresas e residências.

VMS, O que é Video Management System?

VMS, O que é Video Management System?

VMS, O que é Video Management System? Saiba quais são as diferenças entre um sistema de monitoramento utilizando um servidor ou comprar um NVR.

WhatsApp

Fale Conosco

  • Controle Net Tecnologia LTDA
  • CNPJ: 03.247.280/0001-25
  • Av. dos Carinás, 660 - Moema
  • São Paulo, SP - CEP: 04086-011