O que é Virtualização ou Virtualization?

Virtualização - imagem gráfica exemplificando ambiente de virtualização

Conceito de virtualização

A Virtualização (em inglês Virtualization) é uma tecnologia que otimiza o uso do hardware através da criação de "versões virtuais" das aplicações ou recursos de toda infraestrutura de TI como hardware, sistemas operacionais, computadores, servidores e/ou dispositivos de armazenamento e incorporá-los a um ou mais servidores físicos. Em outras palavras, essa tecnologia permite compartilhar recursos de hardware de um computador, por exemplo, e utilizá-los para criar diversos ambientes virtuais isolados dentro do mesmo equipamento.

Com a virtualização é possível distribuir recursos como processamento, memória e capacidade de armazenamento, atribuindo-os para aplicações emuladas que são chamadas de máquinas virtuais (Virtual Machines) ou máquinas guest. Essa tecnologia permite o mesmo dispositivo execute sistemas operacionais como o Windows, MacOS, Linux ou aplicações de outlook de forma independente e simultaneamente.

A tecnologia de virtualização surgiu na década de 1960 como um meio de particionar os recursos de computadores mainframe e compartilhá-los com diferentes aplicações, porém só ganhou destaque em meados dos anos 1990. Como os fabricantes de servidores físicos da época limitavam seus equipamentos a executar apenas aplicações e softwares próprios, muito do investimento em hardware era sub-utilizado, pois não era possível executar qualquer aplicativo em servidores de diferentes fornecedores.

A chegada da virtualização acabou com a dependência gerada por esses fabricantes, pois possibilitou que as empresas compartilhassem recursos não utilizados de seus servidores ao executar várias aplicações em diferentes sistemas operacionais. Isso proporcionou maior rendimento dos servidores, reduziu custos como manutenção, configuração e refrigeração bem como a necessidade da aquisição de inúmeros equipamentos.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Como funciona a virtualização?

Para saber como funciona a tecnologia basta entender que a virtualização trabalha sobre os seguintes conceitos: Host, Hypervisor, VM (máquina virtual) e Guest.

O Host é o nada mais que o hardware físico cujos componentes como hard disk, memória RAM, processamento ou placas gráficas que serão utilizado para se estabelecer o ambiente virtualizado.

O Hypervisor é o software capaz de criar o ambiente de virtual. Através dele é que se define quanto do recurso do hardware será utilizado para a virtualização, criando então o que chamamos de máquina virtual.

Existem dois tipos comuns de hypervisor: O hypervisor baremetal e hypervisor type 2 (hosted hypervisor). O primeiro executa a máquina virtual no próprio hardware como se fosse um sistema operacional (Exemplos de softwares: Oracle OVM para SPARC, ESXi, Hyper-V e KVM). O segundo é executado em um sistema operacional convencional (SO), assim como outros programas de computador (Exemplos de softwares: VMware Fusion, Oracle Virtual Box, Oracle VM para x86, Solaris Zones, Parallels e VMware Workstation).

Máquina Virtual ou Virtual Machine (VM) é o equivalente virtual de um sistema completo de computador que é executado isoladamente em um sistema ou hardware. Através do hypervisor define-se para ela recurso como capacidade de processamento, memória, capacidade de armazenamento, interface de rede e outros recursos provenientes do hardware físico na qual está sendo executada.

O Guest é o sistema operacional (Windows, Linux ou outro) que será executado na máquina virtual criada pelo host de virtualização.

Como funciona a virtualização, demonstração gráfica com Host, Hypervisor, VM (máquina virtual) e Guest

Tipos de virtualização

Virtualização de hardware ou virtualização de plataforma:

Cria-se de uma máquina virtual que funciona como um computador real com um sistema operacional. O software executado nessas máquinas virtuais é separado dos recursos de hardware.

Virtualização de servidores:

A virtualização do servidor permite particionar seus componentes de hardware para que possa executar e processar mais funções específicas.

Virtualização de dados:

É possível consolidar dados distribuídos em vários locais em uma única fonte, oferecendo recursos de processamento para armazenar novas fontes e transformar os dados de acordo com as necessidades dos usuários.

Virtualização de storage:

É o agrupamento de armazenamento físico de vários dispositivos de armazenamento de rede (storages) no que parece ser um único dispositivo de armazenamento gerenciado a partir de um console central.

Virtualização de desktop:

Permite que um administrador central (ou ferramenta de administração automatizada) implante ambientes de desktop simulados em centenas de máquinas físicas, além de configurar, atualizar e fazer verificações de segurança de uma só vez.

Virtualização de sistemas operacionais:

A virtualização do sistema operacional é feita no kernel, o gerenciador de tarefas central dos sistemas operacionais, permitindo executar paralelamente ambientes em Linux e Windows.

Tipos de Virtualização - imagem gráfica de um ambiente de virtualização com um equipamento e vários outros servidores dentro dele

10 benefícios da tecnologia de virtualização

Qualquer instituição possui e depende hoje de computadores, servidores de dados e dispositivos de armazenamento para executar diferentes trabalhos. Décadas atrás, as empresas ficavam reféns de diversos dispositivos que só tinham capacidade de executar uma única tarefa ou rodar apenas um software do mesmo fabricante, ou seja, o custo para implementação e manutenção de um ambiente de TI acabava sendo exorbitante. Talvez hoje, isso ainda aconteça com você e sua empresa. O que você faz, por exemplo, quando precisa utilizar uma aplicação de Windows sendo que você só possui computadores com sistema operacional Linux?

Como solução para esse problema foi criada a tecnologia de virtualização. Seu objetivo era flexibilizar a utilização e os recursos ociosos de um hardware permitindo que ele executasse diversas aplicações no mesmo dispositivo, inclusive sistemas operacionais e aplicativos de outros fornecedores.

A virtualização é a tecnologia digital que mais ofereceu benefícios e vantagens nas últimas seis décadas. Com ela a infraestrutura é muito melhor aproveitada ao executar vários serviços em um servidor ou conjunto de máquinas, por exemplo, pode-se aproveitar a capacidade de processamento destes equipamentos ao máximo. Além disso, tecnologia garante benefícios como:

  1. Economia de espaço e compra de hardware: com o melhor aproveitamento dos recursos já existentes, a necessidade de aquisição de novos equipamentos diminui, assim como os consequentes gastos com instalação, espaço físico, refrigeração, manutenção, consumo de energia, entre outros.
  2. Gerenciamento centralizado: dependendo da solução de virtualização utilizada, fica mais fácil monitorar os serviços em execução, já que o seu gerenciamento é feito de maneira centralizada;
  3. Uso de sistemas legados: pode-se manter em uso um sistema legado, isto é, antigo, mas ainda essencial às atividades da companhia, bastando destinar a ele uma máquina virtual compatível com o seu ambiente;
  4. Diversidade de plataformas: pode-se ter uma grande diversidade de plataformas e, assim, realizar testes de desempenho de determinada aplicação em cada uma delas, por exemplo;
  5. Ambiente de testes: é possível avaliar um novo sistema ou uma atualização antes de efetivamente implementá-la, diminuindo significativamente os riscos inerentes a procedimentos do tipo;
  6. Segurança e confiabilidade: como cada máquina virtual funciona de maneira independente das outras, um problema que surgir em uma delas, como uma vulnerabilidade de segurança, não afetará as demais;
  7. Migração e ampliação mais fácil: mudar o serviço de ambiente de virtualização é uma tarefa que pode ser feita rapidamente, assim como a ampliação da infraestrutura;
  8. Minimiza ou elimina tempo de inatividade;
  9. Maior continuidade de negócios e recuperação de desastres;
  10. Disponibilidade de um data center definido por software.

Considerando todos os benefícios que a tecnologia de virtualização é capaz de oferecer, a Controle Net especializou-se em fornecer soluções para empresas que buscam qualidade e tecnologia para suas necessidades. Por isso a pergunta que fica é: Até quando você vai desperdiçar dinheiro com diversos equipamentos de TI sendo que é possível adquirir um único dispositivo de alto rendimento que forneça soluções completas como ambiente para virtualização com disponibilidade para implementação de inúmeras tarefas?

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

Para que serve e o que é backup?

Para que serve e o que é backup?

Saiba quais são os principais equipamentos e softwares utilizados para manter as informações seguras.

Servidor de arquivos, conteúdo compartilhado

Servidor de arquivos, conteúdo compartilhado

Conheça as vantagens dos servidores de arquivos: Equipamentos para armazenar, gerenciar, compartilhar e organizar nossos dados.

Vai comprar um NAS Qnap? Saiba como não errar na escolha

Vai comprar um NAS Qnap? Saiba como não errar na escolha

Comprar um NAS Qnap nem sempre é uma tarefa simples. Saiba mais sobre o assunto e escolha o storage NAS certo para sua residência ou empresa.

Fale Conosco

  • Controle Net Tecnologia LTDA
  • CNPJ: 03.247.280/0001-25
  • Av. dos Carinás, 660 - Moema
  • São Paulo, SP - CEP: 04086-011