Atendimento por WhatsApp

Xeon ou Core i7/i9? Qual o melhor processador para servidor da empresa?

Comprar um novo servidor para a empresa sempre exige cuidados. Riscos como gastar muito e ter um equipamento superdimensionado ou mesmo economizar e ter uma máquina obsoleta rapidamente sempre assombra nossa cabeça.

Por que os processadores Xeon custam mais caros que os Intel Core de mesma performance?

Além das dúvidas relacionadas ao tamanho do investimento, outras questões como o tempo de vida útil, diferenças técnicas, vantagens de cada plataforma e compatibilidade com diversos sistemas pedem para o administrador de TI analisar com mais profundidade esse assunto.

O que é uma CPU Xeon?

Xeon é a linha de CPUs da Intel voltada principalmente para servidores corporativos e estações de trabalho. Essas CPUs normalmente oferecem mais núcleos e threads do que os processadores que equipam PCs convencionais, mas as velocidades de clock são próximas dos processadores Core i7 e i9.

Atualmente os processadores Xeon possuem quatro famílias distintas, classificadas por letras: E (Entry Level), W (Workstations), D (datacenter) e os Xeon Scalable (plataforma escalável).

Conheça a linha de servidores Asus

O que são processadores da linha Core?

Intel Core é a linha de processadores voltados para o mercado consumidor, que geralmente equipam notebooks, PCs de uso doméstico e estações de trabalho para pequenas e médias empresas.

Por sua vez, a família de CPUs Core possui processadores denominados pelos codinomes i3, i5, i7 e i9. Esses processadores atendem inúmeros mercados, incluindo computadores pessoais, notebooks, workstations e PCs para gamers.

Linha de processadores Intel Core

Tanto a linha de processadores Core quanto as CPU Xeon possuem produtos que atingem a mesma frequência máxima, atualmente limitada em 5,30 GHz de velocidade.

Quais as diferenças entre os processadores Xeon ou Core?

Apesar das informações técnicas num primeiro momento parecem similares, não se engane: A Intel deixa muito claro que seus processadores da família Core são para uso em computadores pessoais e a linha Xeon são CPUs voltadas para servidores.

Alguns fatos que reforçam esse direcionamento:

1. Os processadores Xeons geralmente possuem mais núcleos de processamento do que seus pares da linha Core. Isso significa melhor performance em aplicações que suportam multi-tarefa, com a virtualização e ambientes exigentes em HPC (High Performance Computing).

- Cada núcleo adicional pode ser equiparado a outro processador físico, encapsulado no mesmo chip. Essas versões de processadores partem de quatro, vão até 28 núcleos e são perfeitos para softwares que suportam recursos multi-thread, como sistemas de virtualização.

2. Os chips Intel Xeon possuem controladores de memória integrado, E/S direta de dados, integração para malhas de alta disponibilidade e podem ser adaptados especificamente de acordo com a carga de trabalho.

3. Os processadores Xeon têm recursos para otimização do uso de energia e suporte a memórias do tipo ECC como padrão, consumindo muito menos que seus pares Core.

- Ter memórias ECC no sistema significa que você pode confiar mais na entrega das tarefas sem a possibilidade de erros. Em algumas situações, como o processamento de streaming de áudio ou vídeo, isso é irrelevante. Porém, na maioria dos aplicativos executados no ambiente corporativo essa característica é muito importante.

4. As faixas de bus QPI Xeon são mais largas para suportar a integração de vários servidores multi-processados, enquanto as placas-mãe dos PCs (desktops / laptops) da família Core raramente são multi-soquetes.

5. A distribuição de cache por núcleo sempre é mais generosa com os Xeons. Além disso, o tamanho máximo da memória endereçável para o Xeon pode atingir 1,50 TB, enquanto o Core i7/i9 para em 128 GB.

6. Os processadores Xeon permitem mais conexões PCIe diretas por CPU para conexão de dispositivos e periféricos que a família Core, como adaptadores de rede, GPUs e coprocessadores.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Um processador com Turbo Boost (Overclok) menor

Qualquer servidor corporativo deve consumir pouca energia, funcionar de maneira ininterrupta, entregar alta performance e ser muito seguro.

Se sua empresa precisar de um processador para cargas de trabalho com uso intensivo de CPU, atividade 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem fritar o servidor ou storage em algumas semanas, vale a pena dar uma olhada nas CPUs Xeons.

Os Intel Xeon são projetados para aplicações que exigem desempenho, eficiência e resiliência. Tudo relacionado a essa família de processadores está associado com performance e segurança.

O contraponto é que essa segurança e maior durabilidade cobra um preço, por isso esses processadores geralmente suportam a tensão máxima de 1,5 V e limitam suas frequências em até 4.40 GHz por núcleo.

Por possuírem mais núcleos e consumirem menos, é difícil conseguir a mesma taxa de overclock da família Core nos processadores Xeon. Isso significaria forçar tensões mais altas nos processadores, diminuindo sua vida útil e aumentando a possibilidade de falha.

Conheça a linha de servidores Asus

Por que os Xeons são mais caros?

As CPUs Xeon tendem a ter muito mais tecnologia integrada e crítica para os negócios. Por exemplo, eles oferecem suporte à memória de código de correção de erros (ECC), que evita a corrupção de dados e falhas no sistema.

Apesar disso, as memórias ECC RAM são mais caras e lentas, por isso pouco provavelmente algum usuário doméstico vai investir nesse sistema, já que os PCs domésticos baseados em processadores da família Core são bastante confiáveis.

Porém, para empresas onde o tempo de atividade é fundamental, apenas algumas horas de inatividade podem custar muito mais do que vale um banco de memórias ECC.

Instituições financeira, por exemplo, executam algumas transações acontecem mais rápido do que os humanos podem entender e exigem esse tipo de tecnologia.

Nessas instituições muito dinheiro é perdido quando um servidor para ou os dados são corrompidos, por isso que empresas como essas estão sempre dispostas a investir em componentes mais confiáveis.

Os processadores Xeon também suportam muito mais memória RAM do que os chips Core, bem como mais pistas PCIe para conectar placas de expansão.

Assim, ao adicionar muitos núcleos, suporte para memórias ECC, toneladas de pistas PCIe e grande suporte para memória RAM, o preço da CPU refletirá isso.

Processador Intel Xeon

Devo comprar um PC com processador Xeon?

Até agora, o processador Xeon parece muito bom: muitos núcleos, velocidades de clock respeitáveis (em alguns casos) e vários canais PCIe.

A Apple fez um grande sucesso em junho de 2019, quando lançou um computador desktop Mac Pro revisado, com capacidade de processamento e gráficos.

Os principais componentes por trás da poderosa workstation Mac são os processadores Intel Xeon. Eles variam desde sistemas montados com processadores Xeon W 3,50 GHz de oito núcleos até Xeons da mesma família com 2,50 GHz de 28 núcleos.

O problema desse tipo de PC é que o preço chega a ser proibitivo. Mesmo um PC Windows montado com um processador Xeon custa muito caro para apenas executar aplicações residenciais.

Como diz o marketing da Intel, esses chips são totalmente voltados para estações de trabalho e servidores. Até mesmo o “desktop” Xeon W voltado para artistas 3D, desenvolvedores de jogos e editores de vídeo custam mais que a maioria dos mortais pode pagar.

Se você trabalha em uma dessas profissões, ou é um entusiasta (hard user) em uma dessas área e possui um orçamento flexível, talvez um processador Xeon seja bom para você.

Servidor com processador Intel Xeon

Os processadores Intel Core

Não há muitas diferenças de processamento entre as famílias de processador Core e Xeon. Em alguns casos, os núcleos de processamento usados são padrão no dois: Por exemplo, o núcleo Haswell é encontrado tanto nas linhas de processadores Core como em alguns Xeons.

A principal razão pela qual as CPU Core são normalmente usadas em NAS domésticos e computadores desktops é porque elas são mais baratas.

Outro ponto que deve ser considerado é que algumas aplicações exigentes em processamento (jogos, por exemplo) não precisam de tanta segurança. 

Além disso, os processadores Xeons sacrificam a velocidade pelo maior número de núcleos e maior durabilidade.

Nesses casos, a velocidade entregue pela família Core em aplicações domésticas geralmente é mais útil do que um número de núcleos obscenamente alto dos processadores corporativos.

Isso significa que a maioria dos usuários domésticos devem optar por mais GHz na velocidade do clock do que apenas dobrar o número de núcleos, principalmente em aplicações como jogos.

Traga seu projeto e tire suas dúvidas

Caso a ideia seja montar um servidor ou workstation para a empresa, lembre-se que manter dados importantes sempre disponíveis, seguros e com serviços sempre disponíveis vale mais do que qualquer aventura com hardware sujeito a falhas.

Apesar de confiáveis, a linha de CPU Core i3/i5/i7/i9 são direcionadas para computadores pessoais. A recomendação da Intel é sempre usar processadores Xeon na montagem de servidores corporativos e foi fundamentada pelos engenheiros que desenvolveram os produtos.

Traga seu projeto e tire suas dúvidas. Somos distribuidores autorizados Asus, Seagate, Western Digital, Qnap e especialistas em servidores e sistemas para o armazenamento de dados.

Fale com nosso especialista!
Ligue: (11) 3475-5000

Servidores

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Servidores.

O que é storage e quais são os principais modelos?
O que é storage e quais são os principais modelos?

Conheça os principais modelos, aplicações para uma unidade de armazenamento de dados e quais são as diferenças entre servidores NAS, DAS, SAN e FAS.

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento
7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

Saiba como evitar os erros mais comuns antes de adquirir um servidor ou storage. Confira aqui algumas dicas para facilitar esse processo de compras.

Quais são os riscos ao comprar um NAS Diskless?
Quais são os riscos ao comprar um NAS Diskless?

Comprar o storage NAS e os hard disks em diferentes revendedores pode ser muito arriscado. Saiba porque comprar tudo num único distribuidor é melhor.