Atendimento por WhatsApp

O que é backup 3-2-1?

Diariamente uma imensa quantidade de novos serviços digitais, dados e arquivos são produzidos. Muitos desses dados são críticos para que empresas ou mesmo usuários domésticos mantenham sua vida digital saudável.

Para minimizar os riscos e preservar esses dados, fazer e manter o backup atualizado é uma prática necessária. Neste contexto, todos os dados e aplicações podem ser guardados em sistemas de armazenamento, discos rígidos externos, unidades USB ou na nuvem.

Os Melhores storages para backup

Porém vale lembrar que equipamentos de backup inevitavelmente falham, podem ser corrompidos, sofrer com ações de hackers ou desastres naturais.

Isso significa que uma estratégia de backup baseada em apenas uma cópia segurança, por melhor que seja, não será totalmente segura.

Por isso, caso esse seja seu caso, saiba que você ou sua organização ainda correm um grande risco de perder todos os dados de uma única vez.

Para evitar esse tipo de risco, muitas empresas e usuários buscam soluções mais eficazes e utilizam uma regra conhecida como "backup 3-2-1".

O que é backup 3-2-1?

Backup 3-2-1 é uma estratégia para proteção de dados que utiliza três cópias dos dados para proporcionar maior segurança e reduzir a chance de perda de dados. Essas cópias são distribuídas entre dois meios físicos ou lógicos (servidores, storages, discos e nuvem) e um backup offsite.

Existem diferentes variações para essa metodologia mas, em um cenário clássico, o software de backup faz uma cópia dos dados críticos em outro volume do servidor, salva essas cópias em outro dispositivo de armazenamento local e replica os dados para a nuvem.

O que é Backup 3-2-1?

O backup offsite em fita

O backup 3-2-1 estabelece que sejam feitas três cópias dos dados, onde duas serão armazenadas em diferentes sistemas de armazenamento e a outra enviada para fora do local de produção.

Até alguns anos atrás esse processo sempre envolvia algum tipo de sistema de armazenamento baseado em fitas, como drives DLT e bibliotecas autoloaders.

A razão do uso dessas fitas era simples: Apesar de fazer backup sequencial, as fitas facilitavam a criação de uma cópia portátil dos dados e permitia que todas as cópias salvas fossem imediatamente encaminhadas para as salas cofres (Backup Offsite).

Com a redução dos preços e o aumento de capacidade dos hard disks foi possível substituir as unidades de fitas por storages NAS, mais rápidos, baratos e confiáveis que outros equipamentos que fazem backup sequencial.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Três cópias dos dados

Ter várias cópias armazenadas em diferentes dispositivos e locais reduz drasticamente a chance de que todos os dados sejam afetados por um desastre, falha mecânica ou humana.

Quanto menor for o número de cópias feitas e a diversidade de locais onde seus dados estiverem armazenados, maior será a chance de perdê-los.

A estratégia de backup 3-2-1 recomenda ao menos 3 cópias dos dados, isso inclui os originais e ao menos dois backups adicionais.

Via de regra, não há nada que lhe impeça de ter mais do que 3 cópias. Lembre-se: Quanto mais cópias você possui e quanto mais diversificado forem os locais de armazenamento, mais seguros estarão seus dados.

Duas cópias em mídias diferentes

Ter todos os dados pessoais ou de sua empresa armazenados em um único tipo de mídia, serviço ou equipamento pode ser uma má ideia.

A prática de backup 3-2-1 prevê tal problema e antecipa uma solução: Armazenar ao menos duas cópias dos dados em diferentes tipos de mídia.

Existem diversos sistemas de backup confiáveis, que podem incluir um NAS, uma unidade de armazenamento removível ou um mesmo um serviço de backup em nuvem.

Cada uma dessas alternativas de backup possui vantagens, desvantagens e proporcionam diferentes maneiras de lidar com possíveis problemas ou falhas.

Vale lembrar que ao utilizar equipamentos semelhantes para manter suas cópias de segurança, você também estará potencialmente sujeito aos mesmos problemas, que podem, inclusive, ocorrer simultaneamente.

Duas cópias em mídias diferentes

Considerando estes aspectos, caso o backup dos dados seja feito utilizando a mesma tecnologia de armazenamento, as chances de enfrentar problemas nos dois destinos de forma simultânea ou em um curto intervalo de tempo aumenta muito.

Para evitar esse tipo de problema, é preciso diversificar e investir em sistemas de alta disponibilidade.

Fazer seus backups utilizando sistemas que usam diferentes tipos de tecnologia minimiza a chance de falha e aumenta a proteção dos dados.

Alguns storages NAS corporativos possuem diversos recursos contra falhas, como hard disks e outros componentes redundantes, softwares de proteção e sofisticados sistemas de gerenciamento.

Uma cópia de backup externa

Ter mais do que uma cópia dos dados em ao menos dois tipos distintos de mídias são práticas recomendadas do backup 3-2-1, por isso é altamente recomendável que uma das cópias seja armazenada em um local externo ou remoto.

Se todos os backups estiverem armazenados em um mesmo local, as chances de que todos os dados sejam corrompidos ou afetados por desastres ao mesmo tempo é de 100%.

Neste contexto, o backup 3-2-1 estabelece que ao menos uma cópia dos dados seja armazenada em um ambiente externo, como em um ambiente de nuvem ou um storage replicado.

Este procedimento ajuda a garantir que, caso o local principal seja afetado por qualquer situação adversa, a cópia externa continuará intacta e em segurança.

Uma cópia de backup externa

Deficiências do backup 3-2-1

O backup 3-2-1 resistiu ao teste do tempo, principalmente, por se tratar de uma estratégia de proteção de dados eficaz.

Entretanto, no contexto de sistemas e serviços de armazenamento contemporâneos, algumas etapas ou práticas podem precisar de ajustes para serem implementados.

Dependendo do tipo de backup usado, muitas empresas podem ter dificuldades em manter o controle de cópias de dados da estratégia de backup 3-2-1.

Manter várias cópias dos dados em diferentes locais pode exigir um gerenciamento adicional para manter seu plano de backup corporativo funcionando e garantir que todas as cópias estejam sempre atualizadas e acessíveis.

Outro ponto relevante é que fazer o backup completo diariamente é uma tarefa complicada para muitas organizações.

Neste sentido, associar o backup 3-2-1 com outras abordagens que costumam ser paralelamente utilizadas pode ajudar muito, como é o caso dos backups incrementais ou diferenciais.

Apesar de ambos os tipos de backup exigirem ações adicionais para fazer uma recuperação de dados completa, esse tipo de associação pode reduzir muito o tempo do processo.

O backup 3-2-1 e a nuvem

Os serviços de backup em nuvem nem sempre são baratos, acessíveis ou fáceis de serem implementados.

Além disso, ambientes de nuvem híbrida que envolvem processos de backup devem ser regularmente reavaliados para evitar interrupção dos serviços.

Porém, ter os dados importantes replicados para algum serviço de nuvem dentro da estratégia de backup 3-2-1 pode ser uma boa forma para evitar grandes desastres.

Caso a opção de manter o backup offsite seja através da contração de um servidor de nuvem, o provedor de serviços deve fornecer detalhes relacionados aos seus processos e quais são as medidas tomadas para a proteção de dados.

Crie uma nuvem privada de dados com um NAS

Vale lembrar que transmitir uma cópia de backup para um provedor de nuvem requer serviços de telecomunicações com largura de banda compatível com o volume de dados que será enviado ou recuperado.

Como a geração de conteúdo empresarial é um processo infinito, esse aumento dos dados na nuvem também aumenta os custos mensais do serviço e deixa os processos de backup via links de transmissão mais demorados.

Além disso, muitos provedores de armazenamento em nuvem cobram uma taxa extra de seus clientes para recuperar quaisquer dados que o cliente possa precisar, encarecendo ainda mais a operação.

O gerenciamento de backup 3-2-1

Um backup confiável é aquele que pode ser recuperado sempre que necessário. Alguns ambientes exigem que testes de estresse sejam feitos periodicamente, antecipando qualquer imprevisto ou chance de erro.

Vale destacar que dependendo do volume e a importância dos dados, procedimentos adicionais, ter calculado o tempo de recuperação de um ambiente ou serviço ajuda a montar um plano de recuperação robusto.

Existem alguns fatores básicos de gerenciamento que devem ser considerados para uma implementação de backup 3-2-1 bem sucedida:

O gerenciamento de backup 3-2-1

A importância do backup 3-2-1

Embora não seja garantido que todos os dados nunca serão comprometidos, a estratégia de backup 3-2-1 diminuirá drasticamente o risco de perda de dados.

O fato de manter cópias atualizadas em diferentes equipamentos e um backup externo ao ambiente de trabalho minimiza muito as chances de imprevistos ou desastres.

De uma forma geral, para implementar o backup 3-2-1 basta ter um servidor de backup primário como um NAS, mídias removíveis para o backup secundário e sincronizar os dados importantes com um serviço de nuvem.

A boa notícia é que muitos storages NAS, como os fabricados pela Qnap e Synology, já possuem ferramentas para a sincronização de dados com serviços de nuvem, facilitando a implementação do plano de backup.

A estratégia de backup 3-2-1 é bastante eficiente e confiável, pois não apenas protege os dados de falhas, como também os preserva em caso de desastre natural, roubo ou sequestro de dados que eliminem ou impossibilitem o uso dos dados originais.

Somos especialistas em armazenamento e backup

A ControleNet é especialista em sistemas de discos para backup e representa empresas como a Seagate, Qnap, Synology, Tanberg e Imation. Traga seu projeto e tire suas dúvidas, nossos especialistas terão prazer em atendê-lo.

Fale com nosso especialista!
Ligue: (11) 3475-5000

Backup

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Backup.

Qual tipo de backup usar: Full, Incremental ou diferencial?
Qual tipo de backup usar: Full, Incremental ou diferencial?

Quais são os tipos de backup mais usados e quais são suas principais aplicações? Saiba mais sobre backup completo, incremental ou diferencial.

Qual o melhor servidor de backup?
Qual o melhor servidor de backup?

Servidores de backup baseados em fitas ou discos, detalhamos as vantagens e desvantagens de cada solução.

O que é um Storage de alta disponibilidade (HA)?
O que é um Storage de alta disponibilidade (HA)?

O que é um Storage de alta disponibilidade (HA)? Conheça nossas soluções resistentes a falhas de hardware, software e energia e não perca mais dados.