O que é FreeNAS? Vale a pena implementá-lo como solução de armazenamento?

Software FreeNAS na tela do computador sobre a mesa

FreeNAS é um sistema operacional utilizado para montagem e gerenciamento de sistemas de armazenamento. Popular por ser um software de código aberto (download gratuito), o mesmo é utilizado em residências e empresas, sendo reconhecido pela simplicidade, facilidade de operação e por seu sistema de arquivos, o ZFS.

Sua versão mais voltada para uso empresarial é conhecida como TrueNAS, que é um "pacote" de soluções que envolve o fornecimento do hardware, discos, software, serviços de implementação e suporte técnico.

Por possuir versões gratuitas e poder ser instalado em praticamente qualquer plataforma de hardware como antigos PCs ou servidores, o software FreeNAS ganhou popularidade rapidamente, pois possibilita centralizar e compartilhar dados em qualquer rede local. Quando utilizado com o sistema de arquivos ZFS, o software permite uma melhor integração de hardware e software, proporcionando arranjos de discos tolerantes a falha, snapshots e outros recursos de servidores de arquivos profissionais.

FreeNAS, serviços de rede em pen-drives e outros discos

Além de um servidor de arquivos em rede com suporte a protocolos como CIFS(Samba), FTP, NFS, rsync e AFP, o FreeNAS suporta a criação de alvos iSCSI, serviços de verificação de discos S.M.A.R.T., autenticação local de usuários e arranjos RAID (0,1,5) via software, tudo configurável via internet.

Como o sistema pode ser instalado em menos de 64MB de espaço em qualquer memória tipo CompactFlash, disco rígido ou pen-drive USB, surgiram diversas aplicações que tiraram vantagens desse recurso, transformando pequenas unidades de armazenamento USB em "verdadeiros" storages NAS.

Atualmente o FreeNAS é distribuído em forma de imagem ISO, código fonte aberto e, até a versão 7.x era possível executar o FreeNAS a partir de um Live CD, com os arquivos de configuração gravados num único disquete formatado MS-DOS ou num pen-drive. Além disso, também foi disponibilizada uma imagem de disco VMware para ambientes virtualizados.

Manter dados críticos num sistema baseado em FreeNAS é seguro?

Manter dados críticos num sistema baseado em FreeNAS é seguro?

Por ser uma plataforma de código aberto, quem implementa o FreeNAS corre o risco de não receber um suporte técnico de qualidade, pois sempre dependerá da disponibilidade e boa vontade de terceiros (desenvolvedores e outros usuários). Como a maioria das empresas não podem confiar no suporte "Open Source" para aplicações de com missão crítica, o FreeNAS quase nunca é uma boa solução para o armazenamento de dados em ambientes corporativos.

Além disso, devido a dificuldade de encontrar mão de obra especializada, suporte técnico e um tempo de resposta no atendimento que não atende demandas profissionais, profissionais de TI geralmente optam por sistemas de armazenamento completos, que incorporam hardware, software e os serviços relacionados na mesma solução.

Mesmo soluções como o TrueNAS (versão mais corporativa do aplicativo associada ao fornecimento do hardware p/ armazenamento) acaba sendo uma aposta de risco para pequenas e médias empresas, pois o esforço para criar, apoiar e manter esse tipo de sistema aberto funcionando pode ser maior do que comprar um NAS de algum fabricante como Qnap ou Infortrend e ser beneficiado com o suporte pós-venda.

Apesar de permitir a implementação em storages arrays híbridos ou totalmente baseados em flash de alta disponibilidade, o FreeNAS/TrueNAS nem sempre é a solução mais econômica quando buscamos uma alternativa para o armazenamento de dados dentro do ambiente corporativo.

Com a redução dos valores dos network attached storages, hard disks e memórias SSD, alguns fabricantes tem incorporado sistemas operacionais de armazenamento cada vez mais robustos, como o QTS (Qnap), DSM (Synology) ou ZFS (Sun Microsystems/Oracle). A vantagem clara nesses casos é que a oferta dessas soluções acompanham serviços importantes como consultoria, suporte pré e pós-vendas bem como assistência técnica sem que o preço final da solução seja impactado.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

FreeNAS, TrueNAS ou storage NAS?

Dois TrueNAS com a tela de instalação do software FreeNAS ao fundo

Antes de responder qual o melhor sistema de armazenamento para cada usuário, alguns pontos importantes devem ser analisados: A primeira questão que deve ser respondida é se a solução é essencial para as operações comerciais de sua empresa. Em caso positivo, dê a preferência por storages que já incorporem sistema operacional e pacote de software voltados para sua necessidade, isso poupará tempo na implementação da solução em sua infraestrutura de TI.

Caso a opção seja ainda pelo FreeNAS, fuja daquele hardware antigo "encostado" ou implementar soluções baseadas em equipamentos usados. É muito comum que usuários façam o download do FreeNAS para montar um servidor de arquivos, aproveitando um hardware existente. Montar soluções de armazenamento baseadas em equipamentos usados ou fora de linha podem causar muitos problemas. Hard disks e SSD possuem um tempo de vida útil, por isso em algum momento inevitavelmente irão parar de funcionar.

Como servidores ou computadores "aposentados" nem sempre são confiáveis, os mesmos podem apresentar falhas técnicas a qualquer tempo. Outro ponto relevante é que equipamentos fora de linha podem não ser compatíveis com novos sistemas operacionais e softwares, não possuir suporte técnico de seus respectivos fabricantes ou ainda não possuir assistência técnica.

Quando o tempo de inatividade é medido em centenas ou milhares de reais ou a unidade de armazenamento processará aplicações de missão crítica, o problema é ainda mais grave. Quando não existe um substituto ou plano de contingência para manter a aplicação funcionando com o mesmo desempenho garantido, vale a pena buscar soluções de armazenamento onde funcionalidade, alta disponibilidade (HA), performance, suporte de software e serviços sejam profissionais. Nesses casos quase sempre pagar menos por soluções abertas significa não ter uma solução que atenda plenamente suas necessidades.

Dados menos críticos, isso existe?

FreeNAS Mini

Os apaixonados por código aberto podem até criar e manter seus próprios sistemas de armazenamento de dados baseados em FreeNAS, podendo inclusive implementar esse tipo de solução em servidores tipo “FreeNAS Certified" como o FreeNAS Mini. Equipado com 16GB ECC RAM, processador Intel de 8 núcleos de 2.4GHz, duas portas de rede Gigabit e gerenciamento para quatro ou oito compartimentos para hard disks hot swap, o FreeNAS Mini é uma opção divertida para quem quer se aventurar para o mundo de código aberto.

Sabendo de todos os riscos que acompanham esse tipo de instalação e levando em consideração que informações sempre são importantes e indispensáveis em nosso cotidiano, aplicações de alta disponibilidade / missão crítica em empresas não podem conviver com essa possibilidade de falha. Somos especialistas em sistemas de armazenamento e teremos prazer em ajudá-lo com seu projeto.

Junte-se a mais de 40.000 Pessoas e Conheca as Novidades do Mundo: Armazenamento de dados!

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

O que é storage e quais são os principais modelos?

O que é storage e quais são os principais modelos?

Conheça os principais modelos, aplicações para uma unidade de armazenamento de dados e quais são as diferenças entre servidores NAS, DAS, SAN e FAS.

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

Saiba como evitar os erros mais comuns antes de adquirir um servidor ou storage. Confira aqui algumas dicas para facilitar esse processo de compras.

Qual storage comprar, NAS ou DAS?

Qual storage comprar, NAS ou DAS?

Saiba quais são as principais diferenças entre os sistemas de armazenamento NAS ou DAS e escolha qual atende suas necessidades.