Atendimento por WhatsApp

Arranjos RAID não são outra forma de fazer backup

Muitas empresas investem pesado na compra de servidores ou storages, montam arranjos de discos para evitar a interrupção dos serviços e acreditam que isso já é suficiente para a proteção contra a perda dos dados.

Esse falso conforto é quase justificado, afinal um sistema com uma matriz RAID 6 suporta a falha simultânea de até dois discos no mesmo servidor ou storage e mesmo assim continua funcionando, sem a necessidade de interromper os serviços.

O maior problema é que outros componentes do sistema também falham. Controladoras de disco, placas mães e fontes de alimentação também podem parar de funcionar, quase sempre causando a perda de dados.

Os Melhores storages para backup

Onde começa a confusão?

Pequenas e médias empresas nem sempre enxergam esse cenário corretamente e até investem em servidores ou storages primários recheados de componentes de alta disponibilidade, mas simplesmente renunciam a manter um plano de backup robusto.

A falsa ideia que um arranjo de disco é um lugar seguro para abrigar simultaneamente os dados que estão em uso na produção e as cópias de backup sempre causa a perda de dados.

A primeira regra para um backup eficiente é separar as cópias dos dados de uso do ambiente de produção, mantendo pelo menos duas fontes de recuperação confiáveis e longe dos servidores e storages de uso.

O que é um bom plano de backup?

Os backups devem ser feitos regularmente, com frequência determinada e de forma automática. Além disso, as rotinas de backup precisam ser testadas regularmente.

Um bom plano de backup contempla o tipo de informação que precisa ser protegida, a velocidade que esses dados serão copiados, o tempo de recuperação em caso de problemas e as ferramentas que serão usadas para esse fim.

Qualquer sistema de backup profissional comtempla um ou mais softwares para esse fim, o tipo de banda de transmissão usada, o tempo necessário e os dispositivos físicos que receberão as cópias de segurança.

Ter cópias dos dados sempre atualizadas é uma forma segura de evitar a perda de dados, desde que um de seus backups esteja fora da área de produção e seja armazenado em um local diferente, como um storage NAS.

Quem precisa de proteção extra pode manter outra cópia dos dados num dispositivo remoto, seja um storage de outra filial ou um provedor de nuvem.

Essa proteção adicional geralmente é mais lenta, difícil de restaurar e mais cara de manter, porém pode ajudar muito em grandes catástrofes como furtos, incêndios e panes elétricos, que danificam toda a estrutura física da empresa.

Plano de backup

RAID não é um backup

Seu NAS pode ter uma matriz RAID 5 ou RAID 6 configurada, inclusive contando com discos “spare” prontos para funcionar em caso de pane. Nesses casos, até dois ou três discos do arranjo RAID podem falhar. Mas isso não é suficiente para manter seus dados de backup seguros?

Não é. Uma falha de hardware do controlador de disco, numa placa lógica, no firmware ou driver do storage NAS ou servidor pode corromper todos os dados gravados, apesar de toda a segurança proporcionada pelo disk array.

Mesmo com essa proteção de hardware, sempre é possível alguém excluir proposital ou acidentalmente os backups ou ainda um software malicioso (malware) criptografar os dados para obter resgate.

Dúvidas? Fale com nosso especialista!

Os hard disks e SSDs sofrem desgaste

Como todos os hard disks e memórias SSD que compõe um arranjo estão no mesmo ambiente, trabalham nas mesmas condições e geralmente sofrem o mesmo desgaste pelo tempo de uso, esses componentes tendem a ter a mesma vida útil e falhar quase ao mesmo tempo.

Para contornar esse tipo de problema, muitas soluções de armazenamento com uso intensivo de memórias flash implementaram um recurso chamado over-provisioning, que grava os dados de forma aleatória nas memórias e não faz o mesmo uso das unidades SSD.

Arranjos RAID que apresentam problemas em apenas um disco ou SSD merecem atenção redobrada, pois ao substituir o hard disk defeituoso, o sistema exigirá esforço extra dos discos remanescentes para a reconstrução da matriz.

Isso pode gerar ainda mais problemas, pois talvez todos os discos estejam no final da vida útil e não suportem essa carga adicional de trabalho, causando falhas em outros discos e impossibilitando totalmente a reconstrução dos dados.

Um arranjo RAID não substitui o backup

O RAID não se destina a substituir um backup. Às vezes, o RAID aumenta o desempenho, como uma matriz RAID 0. Às vezes, o RAID aumenta a redundância, como um espelhamento em RAID 1. Às vezes, um arranjo RAID faz as duas coisas de forma simultânea, como nos arranjos RAID 5 ou RAID 6.

A redundância proporcionada pelos arranjos RAID nos servidores e storages ajudam a evitar o tempo de inatividade de qualquer sistema informatizado, mas não substituem o backup tradicional.

A vantagem de um disk array é que sua empresa não precisará restaurar os dados de um servidor a partir de um backup quando um apenas dos discos do arranjo falhar.

A maioria desses sistemas permite inclusive trocar os discos sem desligar o equipamento, sem prejuízo à operação, de forma simples e sem a exigência de especialistas.

Mesmo que você use uma configuração de NAS residencial que exige desligar o equipamento para substituir um disco defeituoso, isso ainda é muito mais fácil e rápido do que restaurar dados de um backup completo.

NAS residencial com alerta para troca de disco

Um NAS pode ser um ótimo destino de backup

Um NAS pode ser uma ótima ferramenta para qualquer plano de backup. Um sistema de armazenamento em rede pode ser um alvo centralizado para diversos servidores e computadores de uma rede local.

Fabricantes como a Qnap entregam gabinetes NAS com softwares prontos para fazer o backup de arquivos de diversos computadores, máquinas virtuais (VM) e ferramentas que permitem a replicação de dados em tempo real, além de suportar arranjos RAID.

Lembre-se que se o NAS estiver sendo usado como servidor de arquivos, ele não é o seu backup. Um NAS só considerado um dispositivo de backup caso ele não esteja executando aplicações primárias.

Se o storage NAS é usado apenas para copiar e manter dados regularmente dos servidores, desktops e laptops, então o seu plano de backup definitivamente possui um dispositivo de backup confiável.

Enterprise storages Qnap

O snapshot para o backup corporativo

Muitas empresas e usuários apenas instalam uma nova unidade de armazenamento NAS e mapeiam drives para copiar os dados de computadores desktops e laptops manualmente, mas essa não é a melhor forma de fazer backup de diversos computadores.

Alguns softwares como o Netbak Replicator e Hyper Data Protector foram criados para automatizar essas tarefas, simplificando o processo e eliminando as falhas humanas.

Além disso, o Storage Manager, que acompanha os NAS Qnap, possui várias ferramentas para fazer snapshots dos dados de servidores, faz a replicação de dados em tempo real e grava apenas os blocos alterados de dados, reduzindo o tempo para o backup e a recuperação de dados.

Mas lembre-se que um storage NAS instalado na rede nunca está totalmente fora da área de produção. Os backups realizados nesses dispositivos provavelmente funcionam através de um compartilhamento CIFS, onde vários computadores da rede estão conectados simultaneamente.

Um incêndio, furto ou ato de vandalismo também pode facilmente comprometer qualquer plano de backup. Os melhores planos sempre comtemplam riscos extremos e se antecipam a esse tipo de situação.

Por isso, mesmo que você ou sua empresa esteja fazendo todas essas coisas corretamente, ainda é muito recomendado manter uma segunda cópia dos dados longe do NAS, fora das instalações da empresa.

O backup e as nuvens híbridas

Como qualquer plano para a segurança e proteção de dados não possui apenas uma resposta correta, cada situação e orçamento exige uma solução apropriada.

A redução dos preços nos sistemas de armazenamento baseados em disco aposentou as velhas fitas LTO, assim como as soluções de nuvem e as linhas de transmissão tem melhorado seus serviços, tornando-se mais uma alternativa viável para o segundo backup.

Isso significa que os backups podem acontecer quase imediatamente em dois ambientes, desde que configurados para acontecerem dessa forma. O estado atual dos dados de produção dos servidores de aplicação sempre estará sincronizado com os storages e a nuvem, com a vantagem que cada backup também será testado no momento da cópia.

Outra vantagem de fazer backup através de uma nuvem híbrida é que storages NAS como os fabricados pela Qnap e os sistemas de nuvem possuem algum tipo de anti-vírus, evitando que as infecções causadas por algum tipo de ransomware seja propagada para os outros ambientes.

Crie uma nuvem privada de dados com um NAS

Os problemas da nuvem

Os principais problemas de manter o backup em nuvem são o tempo de fazer upload e download das cópias. Uma empresa não pode ficar parada por vários dias para recuperar seus dados da nuvem após algum imprevisto com seus servidores.

Esse problema é tão agudo que outras questões relacionadas à nuvem como a privacidade, a segurança dos dados e os custos mensais dos serviços de comunicação e provedores acabam indo para o segundo plano.

De qualquer forma, muitos fabricantes de storages tem disponibilizado ferramentas para backup local com recursos para a sincronização dos dados com a nuvem, compatível com os principais serviços de armazenamento como o AWS, Dropbox e Google Drive.

A vantagem desses equipamentos é a possibilidade do funcionamento misto, onde os dados importantes permanecem no ambiente local e a ferramenta sincroniza os dados com a nuvem de forma programada quando necessário.

Como implementar um plano de backup confiável?

Apesar de diferentes, as soluções como arranjos RAID, NAS e nuvem são complementares e atendem diferentes demandas para garantir a proteção de dados.

Com prazos e orçamentos cada vez mais apertados, nem todos os administradores de TI podem se aprofundar em todas as possibilidades para montar uma política de backup eficiente e confiável.

Por questões diversas, muitas empresas precisam validar o processo de backup através do uso de sistemas de armazenamento local ou mesmo em nuvens privadas, por isso qualquer um dos métodos citados pode oferecer mais proteção contra a perda de dados.

Caso você tenha alguma dúvida o queira conhecer nossas soluções de backup, traga seu projeto e conte conosco. Somos especialistas em servidores, sistemas para armazenamento de dados e backup.

Fale com nosso especialista!
Ligue: (11) 3475-5000

Armazenamento de dados

Tudo o que você precisa saber sobre soluções de Armazenamento de dados.

Arranjos de discos, um para cada aplicação
Arranjos de discos, um para cada aplicação

Por que montar um arranjo de discos RAID? Saiba mais porque discos trabalhando em conjunto podem ajudar sua empresa ou residência.

7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento
7 erros mais comuns ao comprar um sistema de armazenamento

Saiba como evitar os erros mais comuns antes de adquirir um servidor ou storage. Confira aqui algumas dicas para facilitar esse processo de compras.

Dicas importantes para comprar o storage certo.
Dicas importantes para comprar o storage certo.

Nem sempre o preço é a variável mais importante ao comprar um storage. Evite colocar em risco suas informações importantes aqui.